Weintraub já admite a aliados que deve deixar o cargo


O ministro da Educação, Abraham Weintraub, admitiu a aliados e interlocutores na noite da quarta-feira (17) que deverá deixar o cargo nas próximas horas.

A essas pessoas, o titular do MEC disse que o atual secretário nacional de alfabetização, Carlos Nadalim, deve ser indicado como ministro interino da pasta. À CNN, Weintraub limitou-se a dizer que “provavelmente” Nadalim será seu substituto temporário.

Weintraub, por sua vez, deve ser indicado para um cargo fora do país. Uma das opções mais prováveis é o presidente Jair Bolsonaro indicar o atual titular do MEC para uma diretoria do Banco Mundial. Dessa forma, o ainda ministro deixaria o país e sairia da cena política nacional.