Petrobras anuncia aumento de 5,9% no gás de cozinha


A Petrobras anunciou que o preço do gás de cozinha (GLP) deve sofrer reajuste de 5,9%, o que representa o quinto aumento consecutivo anunciado pela companhia. Os reflexos da medida já estão sendo sentidos em algumas capitais do país e a expectativa do Sindicato dos Revendedores Autorizados de Gás GLP do RN (Sindigás/RN) é que o consumidor potiguar possa começar a perceber os novos preços após a quarta-feira. A expectativa é que o botijão de 13 kg chegue a custar mais de R$ 100.

Com o aumento, preço médio nas distribuidoras do quilograma do gás chega a R$ 3,40, o que representa aumento médio de R$ 0,19 por kg. Na última semana, a petroleira também anunciou redução de 2% da gasolina nas refinarias.

Distribuidoras e revendedores são livres para definir se e como repassarão o aumento. O reajuste para as distribuidoras, indicou a petroleira, segue o equilíbrio com o mercado internacional e acompanha as variações do valor dos produtos e da taxa de câmbio, para cima e para baixo. De acordo com a Petrobras, “os valores praticados nas refinarias são diferentes dos percebidos pelo consumidor final no varejo“.