Médicos Sem Fronteiras vai atuar no combate à Covid-19 em Patos/PB


A Secretaria Estadual de Saúde da Paraíba assinou nesta terça-feira (22) um termo de parceria de atuação com a organização não governamental Médicos sem Fronteiras para atendimento contra a Covid-19 em municípios do Sertão paraibano. A proposta de intervenção da instituição humanitária internacional visa reduzir a transmissão comunitária e diminuir os óbitos na 6ª Região de Saúde da Paraíba.

De acordo com o secretário executivo de Saúde da Paraíba, Daniel Beltrammi, a organização vem com duas ofertas que já foram executadas em outras unidades federadas do país. Ele explica que o primeiro padrão de oferta é aumentar a capacidade de testagem da população da 6ª Região para ajudar a reduzir a transmissibilidade do vírus. A outra possibilidade de intervenção é o apoio de equipes médicas no que diz respeito aos cuidados intensivos aos pacientes com Covid-19.

A coordenadora médica do Médicos sem Fronteiras, Ana Letícia Nery, explica que a Paraíba foi selecionada por apresentar, hoje, indicadores de atenção em relação à transmissão comunitária e à ocupação hospitalar por Covid-19. Ela pontua que a ação vai ter foco, neste primeiro momento, em Patos e nas cidades da região, com dois eixos de trabalho: um na atenção primária e o outro na atenção hospitalar.

O grupo vai ter uma atuação junto ao Hospital Regional de Patos com treinamentos e capacitações das equipes, com o objetivo de diminuir a ocupação, melhorar o cuidado, mas também melhorar e diminuir os indicadores de mortalidade e morbidade no hospital.

O plano de implementação da intervenção se inicia na segunda-feira (28). O foco de proposta inicial é de um mês de atuação, podendo estender para um período maior.