Júri absolve acusado de matar homem em saída de shopping em Natal


O 1° Tribunal de Júri de Natal absorveu e soltou no final da noite da última terça (13), José Henrique Brandão Ramalho Sobrinho, um dos suspeitos de ter atirado em dois homens na saída do Natal Shopping, em dezembro de 2019, na capital do estado.

Naquela ocasião, uma das vítimas foi a óbito. O réu, José Henrique, afirmou ser o motorista do veículo e negou saber intenção homicida do corréu. Desde 2020, que José Henrique estava preso. Com a decisão, a juíza Eliana Alves Marinho expediu alvará de soltura.

Os advogados criminalistas, Anesiano Oliveira e Flaviano Gama, apresentaram a tese de negativa de coautoria e o reconhecimento da participação de menor importância, acrescentando quanto ao delito tentado, à desclassificação para lesão corporal.

O representante do Ministério Público pediu a condenação do réu por dois homicídios qualificado, sendo um consumado e outro tentado. O conselho de sentença não acompanhou o entendimento do MP, decidindo absolver o acusado.

RELEMBRE O CASO

No dia 11 de dezembro de 2020, Luciano Leonízio Nobre, de 47 anos, saia do estacionamento do Natal Shopping, em um Corsa Classic como passageiro, quando foram trancados por outro veiculo e um dos ocupantes atirou pelo menos nove vezes. Luciano possuía condenação nas Justiça Federal e Estadual. O motorista do veiculo que estava Luciano, foi atingido e socorrido ao hospital.