Homem que foi preso acusado de estuprar mulher em Cerro Corá comete suicídio na Delegacia em Caicó


Na manhã desta terça-feira (24), um homem cometeu suicídio em uma das celas da Delegacia de Polícia Civil de Caicó (RN). Ele foi identificado com José Iran Leoncio da Silva, de 38 anos, natural de Cerro Corá, que trabalhava prestando serviços de motorista à Prefeitura.

De acordo com as informações apuradas na Delegacia, o preso usou uma camisa para cometer o ato extremo.

Os peritos do ITEP foram acionados removeram o corpo fizeram perícia na cela.

Sua prisão aconteceu na noite de segunda-feira (24), quando ele foi acusado de estupro de vulnerável praticado contra uma mulher.

O delegado de Currais Novos, Claudio Ferreira, disse que os dois passara um tempo bebendo juntos e que o homem teria convidado a vítima para irem à Lagoa Nova, de moto, mas, o veículo estaria em outro lugar tendo que se deslocar à pé. Os dois seguiram em busca da moto e em determinado trecho, José Iran teria jogado a mulher no chão, tirado suas vestes e obrigado a mesma a praticar sexo oral. Também teria tido penetração.

A vitima conseguiu fugir do local correndo sem roupas e se dirigiu ao Destacamento Policial pedindo por socorro.

Os policiais localizaram o acusado e o conduziram para a Delegacia de Polícia Civil. Lá, ele negou que tenha feito sexo com a mulher sem o consentimento dela. Segundo, ele, o sexo foi consensual. “Ela disse: vamos fazer sexo? Eu respondi que sim e fizemos. Então, eu quis e ela quis”, disse José Iran.

Com informações do Blog do Jota Dantas