Guedes entrega primeira fase de sua reforma tributária nesta terça-feira (21)


O ministro da Economia, Paulo Guedes, prometeu apresentar ao Congresso nesta terça-feira a primeira fase da sua proposta de reforma tributária. No entanto, deve propor agora apenas a unificação de PIS e Cofins, tributos federais.

Embora o ministro tenha dito que o projeto como um todo está pronto, ainda há muitas discussões em curso na equipe econômica. O governo chega atrasado ao debate que está em curso no Legislativo desde o ano passado.

Ainda assim, a entrega da proposta marca um passo adiante de Guedes, que vem sendo criticado por demorar muito a propor a reforma tributária do governo.

Desde o fim do ano passado ele promete enviar um texto por “tranches”, como costuma dizer, emprestando o jargão do mercado financeiro para parcelas.

A reforma do sistema de arrecadação de impostos é apontada por especialistas e empresários como uma etapa essencial da agenda de reformas para estimular investimentos e a retomada do crescimento da economia.

No entanto, o tema é de difícil consenso no Congresso por envolver o risco de perda de arrecadação de União, estados e municípios em plena recessão provocada pelo coronavírus, além de interesses conflitantes de setores econômicos.