Xavi Hernándes é o novo treinador do Barcelona; CBF quis trazê-lo para a Seleção Brasileira


Xavi Hernández iniciou ontem sua mais dura temporada no Barcelona. Como jogador, o ídolo ganhou tudo no clube e agora chega como treinador para resgatar o brilho da equipe, em queda e acumulando insucessos. No discurso de chegada, revelou a principal tarefa: “Temos de ser uma equipe.” Otimista, prometeu montar um grupo “competitivo.”

Durante a entrevista, o ídolo espanhol revelou ter sido contatado pela CBF para comandar a Seleção Brasileira.Segundo o treinador, houve uma oferta para que ele fosse à seleção brasileira.

“A ideia era ser auxiliar técnico de Tite e assumir a seleção brasileira depois do Mundial (do Qatar, em 2022). Mas meu sonho era o Barça”, disse.

Os relatos iniciais, publicados pelo jornal espanhol “As” em maio, davam conta de que ele havia recusado a proposta. Outro clube que também teria recebido uma negativa, na época, teria sido o Borussia Dortmund, da Alemanha.

Xavi assume o Barcelona apenas no nono lugar do Espanhol, com 17 pontos, 11 a menos que a líder Real Sociedad.

Sem contar o início ruim na Liga dos Campeões. São seis pontos em quatro jogos e duelo decisivo pela segunda vaga no dia 23, contra o Benfica, no Camp Nou. O clube se garante com vitória, mas um empate pode deixá-lo na obrigação de pontuar contra o poderoso Bayern em Munique.