Procópio Lucena: “Não é possível e nem aceitável que no inverno de 2021 a Barragem das Traíras não esteja recuperada para segurar as águas”

Em visita na manhã da segunda-feira (15) a Barragem das Traíras, o segundo secretário do Comitê da Bacia Hidrográfica do Piancó-Piranhas-Açu, José Procópio de Lucena reconheceu a necessidade do Governo Federal agir imediatamente, no que diz respeito a recuperação total do reservatório, cujo serviço foi iniciado pela primeira etapa, a abertura da fenda na parede.

“Essa fenda aberta foi a primeira ação prevista no convênio assinado pelo Governo do RN com o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), através do DNOCS vidando atender as recomendações técnicas da ANA para a segurança do reservatório dentro do projeto de Execução das obras de recuperação total da Barragem Passagem das Traíras que apresenta desagregação do concreto, descontinuidade no maciço rochoso na ombreira direita e problemas estruturais conforme os estudos técnicos. Passado o inverno e essa fase de abertura da fenda, agora é agir imediatamente para recuperação total do reservatório. Não é possível e nem aceitável que no inverno de 2021 essa barragem não esteja pronta para segurar as águas e promover o bem estar de quem dela vive e precisa”, explicou Procópio.

Ele defende a união dos Sindicatos, Movimentos Sociais, Igrejas, Deputados, Câmaras de Vereadores, Prefeituras e de toda sociedade seridoense para reivindicar urgência na liberação dos recursos necessários por parte do MDR/DNOCS e agilidade do Governo do Estado, através da SEMARH, para recuperação total da Barragem das Traíras.