Procon vai multar lojas que atendam clientes sem máscaras em Campina Grande

O Procon de Campina Grande vai multar em até R$ 20 mil os comerciantes e donos de estabelecimentos que permitirem a entrada de clientes sem o uso de máscaras. A medida foi tomada para combater a propagação da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, na segunda fase de flexibilização de atividades econômicas na cidade.

Se o cliente insistir em ser atendido sem cumprir a medida sanitária, o lojista não deve ceder. Deve entregar uma máscara ao consumidor ou pedir que volte em outro momento, desde que esteja utilizando o equipamento de proteção.

“A reabertura gradual das atividades econômicas em nossa cidade está sendo possível seguindo as orientações quanto aos horários de funcionamento dos serviços, limitação do número de clientes em cada loja e, sobretudo, com orientações de como manter um distanciamento seguro entre as pessoas no interior do comércio e não esquecer da exigência do uso de máscara tanto por clientes como por funcionários”, expliciou Rivaldo Rodrigues coordenador executivo do Procon de Campina Grande.

Shopping centers, galerias e lojas com espaço acima de 200 metros quadrados reabriram as portas na segunda fase de retomada as atividades comerciais no município. Os shoppings, no entanto, estão proibidos de reabrir a praça de alimentação, os cinemas e salões de jogos.

Denúncias sobre o descumprimento da determinação podem ser feitas por meio dos telefones (83) 98185-8168, 98186-3609, 98123-0749 ou pelo 151.