Polícia encontra corpo de homem enterrado em casa em São Miguel do Gostoso

Uma mulher de 19 anos foi presa nesta sexta-feira (7) suspeita de ter matado, queimado e enterrado o próprio marido nos fundos da casa que os dois moravam, na cidade de São Miguel do Gostoso, litoral Norte potiguar. Em depoimento à Polícia Civil, ela assumiu a autoria do assassinato, que aconteceu em dezembro do ano passado. O tio dela também foi preso, porque a teria ajudado a esconder o corpo.

Policiais da Delegacia de Touros cumpriram mandado de busca e apreensão nesta sexta na residência do casal. Lá, encontraram o corpo da vítima, enterrado. De acordo com o delegado João Paulo Cabral, que apurou o caso, a suspeita disse que o marido a agredia recorrentemente.

O homicídio teria acontecido depois de uma dessas agressões. Ela disse à polícia que, depois de apanhar do homem, que estava bêbado, o matou a pauladas. A mulher foi presa em flagrante pela ocultação do cadáver e, após confessar o assassinato, passou a ser também investigada por este crime.