PF cumpre mandados de busca e apreensão em operação contra a criação de empresas fantasmas no Ceará

A Polícia Federal cumpre, na manhã desta sexta-feira (17), seis mandados de busca e apreensão, com objetivo de colher provas para as investigações de um esquema de criação de empresas de fachada em Juazeiro do Norte, a 491 km de Fortaleza.

A Operação Jasmim aponta a participação de oficial da Polícia Militar e de um Policial Federal e apura crimes de lavagem de dinheiro, contra o sistema financeiro nacional, falsidade ideológica, uso de documento falso e associação criminosa.

De acordo com a Polícia Federal, os mandados são cumpridos nos endereços dos servidores públicos e dos demais investigados na operação. As ordens judiciais foram expedidas pela Justiça Federal do Ceará.

Empresas fantasmas

A Polícia Federal afirmou que o esquema criminoso consistia na criação de empresas e pessoas físicas “fantasmas” ou de fachada, isto é, sem existência real, instituídas e mantidas com uso de documentação fraudulenta, para aplicação de golpes no comércio, bem como a obtenção e movimentação de recursos de origem ilícita no mercado financeiro.

A Polícia Federal continua a investigação, com análise do material apreendido na operação, com o fim de detalhar a atuação de cada suspeito nos fatos investigados.