Petrobras perde R$ 91 bilhões em valor de mercado nesta segunda

A Petrobras perdeu nesta segunda-feira (9) R$ 91 bilhões em valor de mercado, segundo dados da Economatica. A estatal encerrou o dia avaliada na B3 em R$ 215,8 bilhões, contra R$ 306,9 bilhões no fechamento dos mercados na sexta-feira (6), uma queda de R$ R$ 91,1 bilhões.

As ações da Petrobras foram negociadas com queda de quase 30%, com as preferenciais cotadas a R$ 16,05 e as ordinárias a R$ 16,92.

Com a queda, a Petrobras registrou a maior perda de valor de mercado em apenas um dia, segundo a Economatica. O recorde negativo até então tinha sido em 24 de maio de 2018, quando a petroleira perdeu R$ 47,2 bilhões, em meio à greve dos caminhoneiros e críticas à política de preços de combustíveis da companhia que culminaram na saída de Pedro Parente da presidência da Petrobras.

A queda das ações da Petrobras nesta segunda acompanhou o tombo da cotação dos preços internacionais do barril de petróleo, que registrou a maior queda diária desde a Guerra do Golfo (1990 e 1991), atingindo mínimas que não eram registradas desde fevereiro de 2016 e se aproximando de US$ 30.

Em nota, a Petrobras informou nesta segunda que “monitora o mercado e segue com seu plano estratégico que prepara a companhia para atuar com resiliência em cenários de preços baixos”.

“A Petrobras avalia que ainda é prematuro fazer projeções sobre eventuais impactos estruturais no mercado de óleo e gás associado à recente e abrupta variação nos preços do petróleo dado que ainda não está claro nem a intensidade ou mesmo a persistência do choque nos preços”, acrescentou.

Por G1