Polícia cogita acareação entre Neymar e modelo que o acusa de estupro

A Polícia Civil de São Paulo considera a possibilidade de uma acareação entre Neymar e a modelo Najila Trindade, que acusa o atacante de agressão e estupro. O objetivo é eliminar incongruências que existem nos depoimentos dos dois sobre o vazamento de diálogos e fotos íntimas na semana passada.

O atacante divulgou mensagens privadas trocadas entre os dois na tentativa de provar sua inocência da acusação de estupro, que teria sido cometido em Paris, no dia 15 de maio, de acordo com a modelo. A avaliação foi feita no dia 21 de maio, seis dias após o suposto estupro. O médico afirmou que seu lado não continha imagens. Mas Najila apresentou fotos das escoriações juntamente com o laudo. Se for comprovada a adulteração, a modelo pode ter de responder por fraude processual.