Modelo nega ser mulher que denunciou Neymar por estupro

Modelo Mariana Castilho publicou uma sequência de stories em seu perfil no Instagram, na tarde desta segunda-feira, 3, para desmentir a afirmação de que seja a mulher que denunciou Neymar por estupro.

A moça, que tem mais de 640 mil seguidores, foi apontada por alguns veículos de comunicação como a responsável por trocar mensagens via Whatsapp com o jogador do Paris Saint-Germain (PSG), incluindo envio de fotos e vídeos íntimos.

“Para as pessoas que estão vindo me mandar mensagem dizendo que fui eu que acusou o Neymar procurem se informar melhor antes de falar qualquer coisa, de acreditar em fofocas sem pé nem cabeça […] tenham empatia pelo próximo. Na nota ele conta, inclusive, que ela tem filho. Quem me conhece e me acompanha sabe que eu não tenho filho e que eu não estava em Paris nos últimos tempos”, desabafou.

Mariana ainda mostrou prints das publicações que usaram suas fotos indevidamente e avisou que já acionou os seus advogados para tomar as medidas necessárias.

“[…] Não tenho nada a ver com essa história, então, parem de acusar pessoas sem saber. Muito triste ver como existem pessoas ruins assim no mundo. Em pleno 2019 e as pessoas não evoluíram ainda e atacam as outras de forma totalmente gratuita”, completou.