Fátima nega, mas diretor confirma possibilidade de abrir capital da Caern

Essa semana a governadora Fátima Bezerra disse que não iria vender a Companhia de Águas e Esgotos (Caern), mas hoje o diretor-geral Roberto Linhares confirmou que o Governo do Estado estuda abrir o capital da empresa.

Em entrevista à 95 FM de Mossoró, Roberto Linhares confirmou: “Eu pessoalmente sou a favor de abrir o capital da Caern. A governadora num primeiro momento resistiu, mas estamos avançando nesta conversa”.

Nessa semana mesmo, a governadora Fátima Bezerra negou que venderia a Companhia afirmando que do mesmo jeito que a iniciativa privada tem interesse, o Estado também tem e ainda projetou lucros.

Na prática, a governadora não faltou com a verdade. Pelo contrário. Falou a verdade. Só que omitiu a informação de que estuda vender uma boa parte da empresa. Isso porque a a Caern já é uma empresa de capital misto, em que o Estado possui 98% do capital. Pela proposta estudada por Linhares o Governo ficaria com até 50,01%, vendendo o resto para a iniciativa privada, como forma de deter o controle.