Esposa de Eduardo Cunha é hostilizada no Farol da Barra e presta queixa em delegacia

A esposa do ex-deputado Eduardo Cunha (MDB-RJ), Cláudia Cruz, foi hostilizada durante a tarde desta segunda-feira (15), por volta de 14h30 quando passava pela região do Farol da Barra, em Salvador. De acordo com informações do jornal Correio, ela foi chamada de “golpista” e “esposa de golpista” enquanto caminhava no local.

Cláudia pediu ajuda para policiais, que a encaminharam junto com a agressora, que não teve a identidade divulgada, para a 14ª Delegacia, na Barra. A esposa de Cunha, que estava acompanhada da mãe, registrou um Termo Circunstanciado.