‘Messi não é líder e eu não o convocaria’, dispara Maradona

Maradona voltou a polemizar com Lionel Messi. Em entrevista ao canal de TV Fox Sports, no México, onde trabalha, o eterno Diez não amenizou nem um pouco. “Para mim, é difícil falar, mas é inútil tentar transformar em líder um jogador que vai 20 vezes ao banheiro antes de uma partida”, disse o hoje treinador do Dorados, em alusão aos problemas estomacais que, no passado, perseguiram o jogador.

“O Messi do Barcelona é um, o Messi da Argentina é outro”, disse ele. “Se eu voltasse a ser técnico da Argentina, eu não o convocaria. Nunca diga nunca, mas mas temos que tirar a pressão, temos que encontrar o líder que queremos que Messi seja”, afirmou.

Diego também comentou sobre a possibilidade de voltar a treinar a Albiceleste no futuro e fez um aceno à federação Mexicana. “Treinar a Argentina? Eu gostaria de voltar. Treinar a seleção mexicana? Sim, seria um prazer”, disse o ex-jogador. A entrevista foi concedida pelo jogador depois da vitória do seu clube, o Dorados, sobre o Tijuana, por 1 a 0, na noite de sexta-feira (12).