Haddad muda estratégia e descentraliza campanha para o segundo turno

A chapa de Fernando Haddad (PT) adotou nova estratégia e descentralizou a campanha , desde esta terça-feira (9), com a criação de grupos que vão cuidar, por exemplo, da relação do petista com igrejas e com os movimentos sociais e sindicais.

De acordo com a Folha, o candidato deve viajar menos neste segundo turno, e deve dedicar mais tempo à preparação de debates, entrevistas e gravações dos programas eleitorais para a televisão. Ainda de conforme o veículo, a avaliação feita pelo grupo de Haddad é de que a campanha eletrônica e as aparições em rede nacional, que atingem milhões de pessoas, são mais importantes neste momento do que as agendas públicas.

Após uma reunião do comando da campanha, nesta terça em São Paulo, dirigentes do PT escalaram governadores, deputados e senadores eleitos para coordenar os compromissos da campanha nos estados, não necessariamente com a presença do candidato.