Ministro da Educação admite responsabilidade do governo federal em incêndio

O ministro da Educação, Rossieli Soares, admitiu que o governo tem responsabilidade sobre o incêndio de grandes proporções que atingiu o Museu Nacional, no Rio. “A responsabilidade existe, é histórica e entendemos que agora é o momento da reconstrução, com todo mundo”, disse. Questionado se seria correto atribuir parte da responsabilidade às gestões anteriores, ele emendou: “A responsabilidade é do governo federal, é da universidade federal, mas não é exclusiva de agora ”

O ministro argumentou que o empréstimo liberado pelo BNDES para a reforma do prédio, de 200 anos, havia anos era requisitado e somente há poucos meses foi concretizado. “A reforma era necessária desde a época em que se tinha mais recursos, mas ela não foi feita. Avançamos com o empréstimo. Temos que olhar para frente.”

Rossieli Soares garantiu que a reconstrução do prédio será uma das prioridades do governo, mas disse não haver ainda estimativa de qual o valor que será necessário. “A obra é complexa, não é de execução rápida. Não se pode fazer de qualquer jeito. Se fala em R$ 100 milhões, mas não temos informações técnicas. É fundamental que a gente recupere o máximo possível, aquilo que for possível. A perda é para o Brasil. É insubstituível.”