IBGE: Planejamento reconhece necessidade de novo Concurso

Um possível novo Concurso IBGE foi, de novo, discutido com o Ministério do Planejamento em encontro. O compromisso teve a presença do Diretor de Relações de Trabalho no Serviço Público, no Planejamento, Paulo de Tarso Campolina, além da representação da Direção do IBGE e da Associação e Sindicato Nacional dos Servidores do IBGE (Assibge).

No encontro, ao comentar sobre o contrato de funcionários para o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o Planejamento compreendeu que só teria a possibilidade mesmo por novo Concurso, já que a validade da última seleção do IBGE teve encerramento ao final de maio. De acordo com nota publicada pela Assibge, o Ministério do Planejamento leva em consideração a inviabilidade chamar os excedentes do último Concurso, em razão do curto espaço de tempo.

O requisito de 1.800 oportunidades a terem preenchimento por um novo Concurso do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística ainda espera pelo aval do Planejamento. A situação, contudo, está complicada para novos contratos, pois os valores previstos na Lei Orçamentária Anual para Concurso está cada vez mais reduzida.

Conforme a coordenadora de carreiras do IBGE, que já atuou na área de concursos, os órgãos públicos trabalham com os requisitos e o governo faz a definição da quantidade de oportunidades incluídas na LOA. Posteriormente ao requisito de aprovação, os órgãos disputam as oportunidades juntamente às instâncias de governo, o que significa que isso só aconteceria mais para o fim do ano.