Engenheiros do Crea dizem que barragem Passagem das Traíras não tem riscos de ruptura

Visita feita pelo corpo técnico do Crea-RN foi à barragem Passagem das Traíras, que integra a bacia do rio Piranhas-Açu, no interior do Rio Grande do Norte. De acordo com Eunélio Silva, não há riscos de ruptura por parte da barragem, conforme havia apontado a Agência Nacional das Águas.

Embora, na sua visão, não apresente os riscos apontados pela ANA, o engenheiro atenta para as necessidades de manuntenção. Inaugurada em 1994, a barragem, na visão do técnico, nunca passou por reparos. O que realmente preocupa o engenheiro é uma floresta - com árvores de grande porte, inclusive que acabou se instalando na "montante", trecho ao lado da barragem que recebe as àguas.