Em ginásio de escola, amigos, parentes e fãs se despedem de cantor assassinado em Natal

Familiares, amigos e fãs do cantor religioso e educador físico Alex França, assassinado com um tiro nas costas durante um assalto em Natal, se despediram dele na manhã desta quinta-feira (5). O velório foi realizado no ginásio do Instituto Maria Auxiliadora, na Zona Leste da capital potiguar, onde ele dava aulas de vôlei. Alex tinha 36 anos. Além de instrutor esportivo, ele também era vocalista da banda católica Swing do Alto.

Alex França levou um tiro nas costas durante um assalto ocorrido na noite da terça-feira (3) no bairro Felipe Camarão, na Zona Oeste da cidade. Ele estava na casa de um amigo, e se preparava para ir embora para a faculdade, onde deveria assistir dua primeira aula em um curso de mestrado, quando três rapazes se aproximaram e anunciaram o assalto. Ele e o amigo foram rendidos e obrigados a deitar no chão. Antes de fugirem, porém, um dos criminosos atirou nas costas do cantor.

Baleado, Alex foi socorrido ao hospital, mas não resistiu e morreu antes de passar por uma cirurgia. Na noite desta quarta (4), policiais militares aprenderam três adolescentes, um de 14, um de 16 e outro de 17 anos. Testemunhas os reconheceram e eles foram indiciados por crime análogo a latrocínio (roubo seguido de morte).