Donald Trump diz que não haverá acordo para acolher jovens imigrantes nos EUA

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse neste domingo (1) que não haverá um acordo sobre a legalização do status de imigrantes jovens conhecidos como “Dreamers (sonhadores)”, declarando que a fronteira Estados Unidos-México está se tornando mais perigosa.

A declaração foi feita pelo presidente no Twitter. Depois de publicar uma mensagem de “Feliz Páscoa” na plataforma de mídia social, Trump seguiu com: “Agentes da Patrulha de Fronteira não têm permissão para fazer o trabalho corretamente na fronteira por causa de leis (Democratas) liberais ridículas como a Catch & Release (pegar e largar). Ficando mais perigoso. ‘Caravanas’ estão chegando. Republicanos devem ir para a Opção Nuclear para aprovar leis duras agora. Acordo DACA não mais”.

O DACA (Ação Diferida para os Chegados na Infância) é o programa criado em 2012 pelo ex-presidente democrata Barack Obama. O programa foi projetado para pessoas levadas para os Estados Unidos como filhos por pais que eram imigrantes sem documentos. Ele protegeu os indivíduos da deportação e deu-lhes autorizações de trabalhTrump tentou rescindir o programa recentemente. Antes de tornar a decisão do fim do DACA efetiva, o presidente deu um prazo de seis meses – até março de 2018 – para que o Congresso encontrasse uma solução.