Jovem morre vítima de bala perdida e é homenageada por bloco carnavalesco, em Fortaleza

Ângela Christiany Nobre Palácio, de 24 anos, morreu vítima de bala perdida na madrugada desta terça-feira (25) em um posto de combustíveis quando homens encapuzados chegaram atirando, no Bairro Cristo Redentor, em Fortaleza.

Filha de uma brincante do Maracatu Solar, a jovem foi homenageada na tarde desta terça-feira (25) antes da apresentação do bloco pelo cantor Pingo de Fortaleza. O Maracatu Solar é uma das agremiações que desfila no carnaval de rua de Fortaleza.

De acordo com testemunhas, a jovem saiu de casa e foi à loja de conveniência do posto de combustíveis vizinho à residência, quando ocorreu o tiroteio. A mãe de Christiany teria voltado para casa mais cedo para ficar com os netos e, assim, a jovem poder sair para se divertir no carnaval, disse o cantor Pingo de Fortaleza, que organizou a homenagem.

Integrantes do bloco Maracatu Solar fizeram um minuto de silêncio antes da apresentação do cantor, que já estava programada para acontecer no local. “Mais paz, mais justiça social, mais arte e mais educação”, pediu um dos organizadores acompanhado de aplausos.

Christiany era casada e deixa dois filhos.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) disse “que o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga a morte” de Christiany, e que um inquérito já foi aberto. Até a publicação desta reportagem, nenhum suspeito foi identificado.

Por G1-CE