PRF cumpre mandatos de busca e apreensão em escritórios de sal na região de Mossoró

O Ministério da Justiça, através do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), com apoio da Polícia Rodoviária Federal, está revistando ao menos sete escritórios de salineiros em Mossoró. A operação Salinas começou nas primeiras horas desta quinta-feira (20) e estaria investigando crimes contra o sistema económico, ou seja, sonegação fiscal.

O imprensa flagrou viaturas da PRF em escritórios da Socel, na Avenida Rio Grande, no Centro de Mossoró, também principalmente nas margens da BR 304. Perto do acesso ao Santa Delmira, 3 viaturas da PRF com vários auditores do CADE cercaram o escritório SERV SAL desde 8h.

O mesmo aconteceu no Escritório da Socel, no Centro de Mossoró. Viaturas fecharam as entradas e saídas. Os agentes e auditores do CADE estão revistando o interior do escritório. Uma van da PRF está circulando, provavelmente coletando documentos.

Outro escritório que a PRF está revistando e fazendo apreensões é de o empresário Francisco Solto Sobrinho, F. Solto, no Centro de Mossoró. O trabalho recebe suporte do Ministério Público Estadual e também da Receita Federal.

Ao menos uma pessoa que foi encontrado com arma de fogo pelos agentes da PRF teria sido conduzido para ser autuado em flagrante. O caso deve ser apresentado a mídia ainda hoje, provavelmente na sede da Delegacia da PRF, no Alto São Manoel.

Polícia captura homem em atitude suspeita na comunidade Barra de Santana em Jucurutu

Rogério foi capturado em Barra de Santana

A Polícia Militar da cidade de Jucurutu/RN, foi informada, via telefone que um homem estava em atitude suspeita no Distrito de Barra de Santana. Um popular teria ouvido o homem falar com outra pessoa em um telefone público, que alguém fosse pegá-lo porque “a parada tinha dado errado”.

O Grupo Tático Operacional se deslocou até Barra de Santana, onde localizou o suspeito, identificado como Rogério Gomes da Silva, natural e residente em Natal. Foi feita a abordagem padrão e, depois de algumas perguntas, ele informou aos Policiais que possuia um revólver e que é acusado de um duplo homicídio na capital potiguar.

Os Policiais foram até a residência onde Rogério Gomes estaria hospedado, mas não encontraram a arma. Rogério não admitiu ter vindo praticar algum crime em Jucurutu, mas o fato de ele estar em um lugar, para ele desconhecido, sem portar nenhum documento, além de não saber explicar o porquê de estar em Barra de Santana, leva a crer que ele estaria planejando algo. A Polícia não descarta ser encomenda de homicídio.

Rogério foi conduzido à Delegacia de Caicó, onde, através de consultas no Inforseg, foi constatada a acusação de duplo homicídio contra ele, porém não foi encontrado nenhum mandado de prisão em aberto contra ele.

Fonte: PM de Jucurutu

Operação Fim de Feira: Polícia Civil prende irmãos acusados de tráfico de drogas e apreende quase 2kg de maconha

Operação Fim de Feira

A Polícia Civil juntamente com a Polícia Militar, realizou no começo da madrugada dessa quinta-feira (20), a Operação batizada de “Fim de Feira” com objetivo de combater o tráfico de drogas no município de Nova Cruz, distante 93km da capital. Foram presos em flagrante dois irmãos identificados como Adriano da Silva, de 35 anos, e Gilvan da Silva, 28 acusados de tráfico de entorpecentes.

Operação Fim de Feira

A ação aconteceu após denúncia dando conta de que na Rua Senador Georgino Avelino, local mais conhecido como Rua da Palha, existia um ponto de venda de drogas. A equipe da Polícia Civil com o apoio de policiais militares se deslocou até o endereço mencionado e comprovou que realmente se tratava de um ponto de comercialização de entorpecentes.

Pedras de crack encontradas dentro de tomate

Foram apreendidas na residência dos acusados, 19 pedras de crack, encontradas dentro de um tomate, além de 33 trouxinhas de maconha e dois tabletes com cerca de um quilo e meio da droga. Também foi apreendida com os irmãos a quantia de R$ 1.134. Adriano da Silva já tem passagem na polícia por tráfico de drogas.

Prefeito de Antônio Martins é emboscado na BR 226 e leva surra de homens encapuzados

O prefeito Edmilson Fernandes, que é candidato a reeleição em Antônio Martins, teria sofrido outra emboscada na noite de ontem quarta-feira, na BR 226. Teria sido espancado por homens mascarados.

Na primeira ocasião, suspeitos atiraram no veículo do prefeito Edmilson Fernandes, candidato a reeleição. Ele estava acompanhado com a esposa, que entrou em pânico.

Na noite desta quarta-feira, homens encapuzados cercaram o carro do candidato a reeleição e teriam lhe dado uma surra. A Assessoria do candidato não confirmou a informação.

Entretanto, Retrato do Oeste teve acesso a duas fontes que confirmam. Após ser agredido fisicamente, Edmilson Fernandes, que estava só, foi levado para casa, em Antônio Martins.

Assim como o primeiro, as agressões sofridas pelo prefeito Edmilson Fernandes deve ser investigado por um delegado de Polícia Civil, provavelmente de Alexandria.

Suspeito de estupros é preso em Natal

Retrato falado do suspeito e a foto de Edeilson Fernandes

Um jovem de 21 anos, suspeito de praticar crimes de estupro, foi preso após um assalto no bairro do Soledade. Edeilson Fernandes de Medeiros tinha abordado uma mulher em via pública e tomado o celular dela. No entanto, a Polícia Militar foi acionada pouco tempo depois e conseguiu deter o suspeito.

Ele estava carregando um celular da vítima e quando os policiais da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas ligaram para o último telefone discado, o marido da mulher atendeu e confirmou que ela tinha sido vítima de um assalto. Em depoimento à polícia, a mulher relatou também que o bandido que a atacou chegou a acariciar suas partes intimas diante de ameaça.

Com isso, suspeitou-se que o acusado pudesse ser o homem apontado como autor de estupros na zona Norte de Natal. Com isso, algumas vítimas desse tipo de crime foram acionadas e, na Delegacia de Plantão da Zona Norte, fizeram o reconhecimento de Edeilson Fernandes. O jovem negou participação em estupros, mas confessou o roubo do celular.

Edeilson foi autuado por roubo e por porte ilegal de arma de fogo, mas, diante do reconhecimento das vítimas, deverá responder também pelo crime de estupro. Um dos crimes atribuídos a ele é o estupro de duas irmãs, no mês passado, inclusive relatado pelo Portal BO, com a divulgação de um retrato falado.

Três delegados são designados para apurar atos de violência em manifestação

A Cúpula da Segurança Pública do Rio Grande do Norte anunciou na manhã de ontem quarta-feira (19) que formou uma comissão para apurar os responsáveis pelos ataques e atos de violência ocorridos durante o protesto denominado ‘Revolta do Busão’, na noite dessa terça-feira (19). De acordo com o secretário estadual de Segurança Pública, Aldair da Rocha, três delegados foram designados para a investigação.

O secretário informou, durante uma entrevista coletiva, que a comissão é formada pelos titulares das delegacias dos bairros Lagoa Nova, Alecrim e Quintas, Ulisses de Sousa, Natanion de Freitas e Raimundo Lucena, respectivamente.

Segundo Aldair da Rocha, duas viaturas da PRF e duas motos foram depredadas e dois policiais militares ficaram feridos durante a manifestação. Quatro adultos foram detidos, entre eles o professor de história Felipe Eduardo Oliveira Serrano, de 26 anos, que continua preso. Ele foi acusado de incêndio criminoso, após ser flagrado incendiando um ônibus nas imediações do Shopping MidWay Mall.

Protesto

Mais um protesto do movimento denominado “Revolta do Busão” ocorreu no final da tarde e início da noite de terça-feira na BR-101, na altura do Natal Shopping, no sentido Natal-Parnamirim.

Cerca de 600 manifestantes ficaram concentrados na parada do circular da UFRN em Mirassol, próximo ao Via Direta, e atravessaram a BR-101 até a pista marginal do Natal Shopping. Os manifestantes pararam os ônibus. Ainda na noite dessa terça dois ônibus foram incendiados em locais diferentes da cidade.

Audiência está decidindo se acusados pela morte de F. Gomes irão a júri

Estão sendo ouvidos nesta quarta-feira (19), no município de Caicó, quatro acusados de envolvimento no assassinato do radialista Francisco Gomes de Medeiros, o F. Gomes, morto a tiros em 18 de outubro de 2010. A audiência de instrução acontece no Fórum Amaro Cavalcante.

Os denunciados já estão ao local. O tenente-coronel da Polícia Militar Marcos Antônio de Jesus Moreira, o advogado Rivaldo Dantas de Farias, que também é acusado de ser mentor do assassinato, aguarda pelo início da sessão na sala da Ordem dos Advogados do Brasil, também no Fórum Amaro Cavalcante. Já o soldado da PM Evandro Medeiros, apontado como o guardião da arma usada no crime, e o ex-pastor evangélico Gilson Neudo Soares do Amaral, estão em duas celas do mesmo prédio. O promotor Justiça Criminal Geraldo Coutinho de Araújo Júnior, responsável pela acusação do caso, afirma que tem boas expectativas para o dia de hoje, e acredita que conseguirá levar todos os acusados ao banco dos réus.

Na audiência desta quarta-feira, o juiz Luiz Cândido decide se os réus irão ou não a júri popular. Entretanto, ainda segundo Villaça, caso os quatro envolvidos sejam levados ao banco dos réus, é provável que ocorram dois julgamentos. Um seria realizado ainda este ano. E, a depender do que vier a acontecer na audiência, o segundo júri seria marcado somente em 2013.

A audiência não envolverá o mototaxista João Francisco dos Santos (o Dão), que confessou ter puxado o gatilho, muito menos o comerciante Lailson Lopes (o Gordo da Rodoviária), apontado pela polícia como um dos mentores do homicídio. Ambos já foram sentenciados e aguardam julgamento.

O soldado Evandro foi o único denunciado por homicídio simples - já que ele foi apontado apenas como o guardião da arma usada para matar F. Gomes. Se for levado a júri popular e condenado, sua pena pena pode variar de 6 a 20 anos de cadeia. Para os demais, todos denunciados por homicídio triplamente qualificado, a pena é mais rígida e vai de 12 a 30 anos de prisão. No texto, o promotor criminal Geraldo Rufino considerou três agravantes, pois entendeu que houve motivo fútil, emboscada e morte mediante promessa de recompensa.

Jardinense foragido do Presídio Estadual do Seridó - Pereirão foi recapturado

Acaba de ser recapturado pela Polícia Militar, o jardinense Alexandro Medeiros de Araújo, popularmente conhecido como Lombra, que estava foragido do Presídio Estadual do Seridó - Pereirão, sediado em Caicó/RN.

Lombra foi identificado por um policial que trabalha no Grupo Tático Operacional de Jardim do Seridó/RN, na manhã de hoje, por volta das 08h40min, na entrada da cidade de Currais Novos/RN, sentindo Jardim do Seridó/RN. O PM que estava de folga e se encontrava naquela cidade para ir a uma clínica médica, reconheceu Lombra, e passou a segui-lo. Nesse instante,  o policial entrou em contato com os policiais da 3ª CIPM de Currais Novos que, imediatamente, recapturaram Alexandre.

Nesse momento, Lombra se encontra preso na 3ª CIPM aguardando a transferência para o Presídio Estadual do Seridó - Pereirão, onde deverá terminar de cumprir sua pena.

Fonte: 2ª Cia da PM de Jardim

Corpo da médica Thalita Medeiros chega a São José do Seridó e sepultamento será às 16 horas

O corpo da jovem médica Thalita Renata Medeiros, 30 anos, que faleceu ontem no início da tarde em Pernambuco vitima de um acidente automobilístico, chegou na amanhã de hoje na cidade de São José do Seridó de onde é natural. O corpo de Thalita será velado em sua residência. Às 16 horas haverá missa de corpo presente da Igreja de São José e em seguida acontece sepultamento. A cidade inteira está comovida.

As chocantes fotos do acidente que matou a médica Thalita Renata

Talita Renata Medeiros, 30 anos, morreu em um acidente de trânsito na tarde desta terça-feira (18) na PE-103, zona rural da cidade de Palmares, na Mata Sul de Pernambuco. Segundo informações dos policiais que estavam no local, e atenderam a ocorrência, a vítima viajava do município de Bonito em direção ao município de Palmares, quando colidiu na parte lateral de um caminhão que vinha sentido contrário. 

O motorista do caminhão ainda tentou prestar socorro à médica, mas a mesma estava presa ao cinto de segurança e aos airbergs, não resistindo a forte pancada e falecendo no local. O motorista informou que a médica fez a curva na contra mão e estava sozinha no automóvel de modelo Corolla.

A médica Talita Renata Medeiros, trabalhava no Posto de Saúde de Água Preta.

Homem morre após cair de moto em Assú

Um acidente tipo queda de motocicleta ontem terça-feira (18), vitimou um homem identificado como Andriere Fagundes de Oliveira, 32 anos, na zona rural de Assú, região Oeste.

De acordo com o Instituto Técnico e Científico de Polícia (ITEP-RN), o acidente aconteceu na estrada conhecida como Sítio Riacho. O corpo de Andriere deu entrada no Itep na tarde de ontem terça-feira em Natal.

Pescador é encontrado morto em mangue em Canguaretama

Um homem identificado como Carlos Augusto Soares, de 49 anos, morreu afogado na noite de segunda-feira (17), no rio Curimataú, zona rural do município de Canguaretama. O corpo foi encontrado pelo irmão da vítima, por volta das 22h30.

De acordo com informações da polícia local, Carlos Augusto saiu de casa dizendo que iria pescar, mas não retornou. O seu irmão estranhou a atitude, decidiu sair para procurá-lo e o encontrou próximo a sua canoa.

Segundo a polícia local, a vítima, que tinha epilepsia, pode ter tido uma crise durante o seu trabalho e logo em seguida se afogado. O corpo do pescador foi encaminhado para o Instituto Técnico e Científico de Polícia (Itep) para a realização da necropsia.

Ônibus são queimados durante noite de protestos em Natal

Caos e violência em Natal repercute em todo Estado

Repercute os protestos contra a atitude do Seturn em suspender o Passe Livre resultou em dois ônibus incendiados em Natal, na noite desta terça-feira (18). Os dois veículos pertenciam à empresa Guanabara e foram queimados na avenida Bernardo Vieira, ao lado do Midway Mall, e no Bairro Nordeste, no terminal da empresa. Ninguém que estava nos ônibus ficou ferido durante a ação.


 

Os incidentes ocorreram durante a noite. Ao lado do Midway Mall, o ônibus incendiado, da linha 02 (Gramoré), estava com passageiros quando os manifestantes chegaram para a ação. De acordo com relatos de funcionários da Guanabara, o motorista chegou a se recusar a abrir a porta para a entrada dos manifestantes, quando teve início a depredação. O fogo, no entanto, só foi ateado depois que todos os passageiros estavam fora do veículo. CLIQUE AQUI e confira mais detalhes.

Jovem médica de São José do Seridó morre em acidente de trânsito no Estado de Pernambuco

A jovem médica Thalita Renata, filha do empresário do ramo de facção Simão José, de São José do Seridó morreu vítima de um acidente automobilístico no começo desta tarde, em Serrro Azul, no Estado de Pernambuco. Thalita já atendeu em várias cidades do Seridó, dentre elas São José do Seridó, Cruzeta e Jardim do Seridó.

A comoção tomou conta da cidade, desde que as pessoas souberam de sua morte. Atualmente, Talita atendia também em Àgua Preta (PE).

Bens de Carla Ubarana são arrematados em leilão

Os bens de Carla Ubarana e George Leal colocados em leilão foram  todos arrematados hoje, com exceção dos dois celulares da marca VERTUS. Os seis veículos foram vendidos por R$893 mil. Eles estavam avaliados em R$890 mil. Um dos automóveis mais cobiçados - a Mercedes Benz SLS 63AMG, ano/modelo, 2010/2011, cor prata, gasolina, placa PFL 2611/PE (Asa de Gaivota) - foi arrematado pelo valor de R$ 415 mil.

"O leilão superou as expectativas, os veículos foram arrematados com o valor acima do que foi avaliado. A Asa de Gaivota, por exemplo, estava avaliada em R$400 mil, mas foi vendida por R$ 415 mil", disse o coordenador da Central de Avaliação e Arrematação, José Diniz.

Anteriormente, no dia 11 de setembro, já havia sido vendido a Pajero Full HPE 3.2 D, ano  2010/2011. O valor do arremate chegou a R$ 120 mil, após quatro lances.

Agora, a Justiça vai agendar o leilão para os celulares e, em seguida, definirá o leilão dos imóveis do casal, inclusive a mansão de Baía Formosa.

Pagamento

Os compradores dos veículos dão 20% do valor do bem e em 15 dias o restante do pagamento. O valor arrecadado vai para a vara de origem do processo (7ª Vara Criminal de Natal) e, o magistrado  fará a destinação dos recursos com a finalidade de ressarcir os cofres públicos.

Veículos arrematados

01 Pajero Full HPE 3.2 D, ano/modelo, 2010/2011, cor preta, Diesel, placa NNV 7977/RN, Renavan nº 233631089

01 Mercedes Benz SLS 63AMG, ano/modelo, 2010/2011, cor prata, gasolina, placa PFL 2611/PE, Renavan nº 316333832.

01 Mercedes Benz GL 500, ano/modelo, 2011/2011, cor prata, gasolina, placa PEL 2611/PE, Renavan nº 349727104.

01 veículo marca Chevrolet GM OMEGA CD, ano/modelo, 2011/2011, cor preta, gasolina, placa PEL 2601/PE, Renavan nº 328939420.

01 veículo marca Chevrolet GM OMEGA CD, ano/modelo, 2008/2008, cor prata, gasolina, placa KFP 7080/PE, Renavan nº 986602574.

01 veículo marca Selvagem Buggy S, ano/modelo, 2009/2009, cor prata, gasolina, placa MZJ 9252/RN, Renavan nº 135980755.

Após 24 anos, acusado de homicídio é preso

A Polícia Civil cumpriu na manhã dessa terça-feira (18), no município de Monte Alegre, distante 34Km de Natal, mandado de prisão contra o comerciante Floriano Monteiro de Melo Silva. Ele é acusado de homicídio qualificado.

O crime aconteceu na madrugada do dia 15 de fevereiro de 1988, nos arredores de um clube, situado na Avenida Juvenal Lamartine, cidade de Monte Alegre. De acordo com informações do delegado Raimundo Rolim, após uma discussão, o acusado teria matado a tiros José Benígno da Silva.

Após investigações e depoimentos de testemunhas, a Polícia Civil chegou a autoria do crime e solicitou à justiça o mandado de prisão.

Chacina de Cidade Nova vai ser investigada pela DEHOM

Delegado, Fábio Rogério Silva, comandou a coletiva sobre a chacina em Natal

O delegado Laerte Jardim da Delegacia de Homicídios (DEHOM) e o titular da 14ªDP, delegado Genezio Menezes foram designados em caráter especial para investigar a chacina ocorrida no bairro de Cidade Nova, zona Oeste da capital, na noite desta segunda-feira (17). A Portaria deve ser publicada amanhã (19) no Diário Oficial.

O Delegado Geral da Polícia Civil, Fábio Rogério Silva, concedeu entrevista coletiva à imprensa na manhã dessa terça-feira (18), na Delegacia Geral de Polícia Civil (Degepol) para falar sobre o caso. “O nosso maior objetivo é elucidar esse crime e dar uma reposta à sociedade”, disse.

Fábio Rogério revelou estar surpreso com a ação criminosa e destacou que se trata de um crime “bárbaro” e “atípico” no estado. O delegado explicou que ainda não há maiores detalhes sobre a motivação dos homicídios, mas assegurou que as investigações já foram iniciadas pela Polícia Civil. “Não temos detalhes para adiantar no momento, mas tudo está sendo checado minuciosamente”, pontuou.

Ainda de acordo com o delegado Fábio Rogério, as famílias das vítimas e as possíveis testemunhas da chacina devem ser ouvidas nos próximos dias. “Todas as pistas que possam ser levadas à identidade e prisão desses criminosos serão devidamente investigadas”, finalizou.

Crime

Cinco pessoas foram assassinadas a tiros em frente ao um bar localizado na rua Dantas Barreto, bairro de Cidade Nova, nesta segunda, dia 17. As vítimas foram surpreendidas por homens que chegaram num carro preto e desceram efetuando vários disparos. Uma das vítimas chegou a ser socorrida com vida, mas faleceu a caminho do hospital.

As vítimas foram identificadas como Paulo Cassiano da Silva, de 39 anos, dono do bar, os irmãos José Aelson Félix, de 32 anos, e José Adriano Félix, de 25 anos, além do agente de saúde Arnóbio do Nascimento, de 46 anos, e Francisco Márcio da Silva, de 38 anos.

Bandidos avisam que irão explodir Pelotão da PM de São Fernando/RN

Um bandido, encapuzado e armado, mandou um recado através de um popular da zona rural de São Fernando. Fontes do Blog na Polícia informam quem ele (bandido) teria dito que iriam “explodir o Pelotão da PM” local, e que iriam “dar cabo de um valentão”. Seu grupo seria formado por 12 bandidos.

Segundo o que disse o bandido, a investida criminosa contra o pelotão de São Fernando, poderá ser a qualquer momento.

O contato do popular com o bandido, aconteceu na manhã desta segunda-feira, (17). O cidadão estava trabalhando quando foi abordado. O bandido estava armado e encapuzado.

Várias barricadas foram encontradas na zona rural e desmontadas pela polícia. O objetivo seria praticar assaltos.

Quando a primeira barricada foi encontrada no último domingo, a polícia foi acionada. Diversas guarnições de Timbaúba dos Batistas, Jardim de Piranhas, e Caicó foram deslocadas para as diligências.

O Major Walmery Costa, que comando o 6º BPM em Caicó, ao Blog que o bando deve ser formado por um criminosos da região. “Esse deve ser um grupo de criminosos caseiro, mas, nós estamos trabalhando em parceria com os policiais de Jardim de Piranhas, com o objetivo de prender essas pessoas, acabando com a sensação de insegurança que agora está instalada na comunidade de São Fernando”, disse.

Chacina deixa cinco mortos em Natal

Depois de um fim de semana violento em Natal, ontem segunda-feira (17), terminou ainda mais sangrenta. Cinco homens foram executados com tiros de espingarda calibre 12 durante chacina em bar no bairro de Cidade Nova, zona Oeste de Natal. O crime ocorreu por volta das 20h30 e ninguém foi preso. Na Grande Natal, mais especificamente em Parnamirim e São Gonçalo, mais duas execuções foram registradas.

A chacina em Cidade Nova começou quando um grupo de bandidos adentrou o Bar da Amizade, na rua Dantas Berreto. Informações apontam para criminosos encapuzados que desceram de uma Hilux preta e atiraram contra os que estavam no estabelecimento. Foram mortos na hora o proprietário do bar, Paulo Cassiano da Silva, os irmãos José Aelson Félix e José Adriano Félix, além de um homem identificado como Arnóbio Nascimento e Francisco Márcio da Silva. O último chegou a ser socorrido com vida, mas morreu no Walfredo Gurgel.

A Polícia Militar ouviu moradores da região e não tem confirmação sobre os motivos que podem ter levado o bando a realizar a chacina. Há a suspeita de que o estabelecimento funcionaria como ponto de venda de drogas, mas não há informações que liguem as vítimas ao tráfico ou sequer se eles eram consumidores de entorpecentes. A Polícia Civil já está investigando o caso.

Além das mortes na Zona Oeste, também foram executados um homem de 41 anos ainda não identificado, no bairro do Golandim, em São Gonçalo do Amarante, e um em Parnamirim, no bairro Jardim Planalto. O primeiro crime ocorreu quando a vítima estava em casa e o criminoso atirou através da grade do portão. Há suspeitas de que o alvo seria, na verdade, o filho da vítima, supostamente envolvido com o tráfico de drogas. A mesma motivação pode ter ocorrido em Parnamirim, onde um trio de criminosos desceu de um veículo não identificado e matou um homem também não identificado em frente a uma igreja evangélica.

Somente no crime que ocorreu em Parnamirim é que há pistas sobre os suspeitos. Assim como nos demais homicídios, a suspeita é que a morte tenha relação ao tráfico de drogas.

Delegado é designado para apurar atentado contra jornalista Roberto Guedes

 Jornalista Roberto Guedes

O delegado Geral da Polícia Civil, Fábio Rogério Silva, designou o delegado Otacílio Medeiros, da 1ª Delegacia Regional de São Paulo do Potengi para apurar as agressões sofridas pelo jornalista Roberto Guedes. O caso ocorreu no último sábado (15), quando ele estava no município de Caiçara do Rio dos Ventos, distante 95 km de Natal.

Nota de repúdio

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Norte emitiu uma nota de repúdio durante esse domingo (16), após um atentado contra o jornalista Roberto Guedes, no município de Caiçara do Rio dos Ventos, distante 95 km de Natal, na noite desse sábado. O jornalista foi ameaçado por um grupo que cercou seu carro e desferiu agressões contra a vítima.

Em nota, o Sindjorn repudia toda e qualquer forma de violência principalmente gerada como forma de intimidar jornalistas no exercício da profissão. "É inadmissível que nos dias atuais pessoas não aceitem opiniões diferentes e achem que com violência poderão cercear a liberdade de expressão".

O sindicato diz que de acordo com a vítima, o atentado aconteceu em represália a críticas políticas que teria feito no município de Caiçara do Rio dos Ventos. "É preciso que o fato seja apurado e que todas as medidas cabíveis sejam tomadas, seja por parte da polícia como também da Justiça. Não podemos admitir que coisas desse tipo tornem nosso estado um dos mais perigosos para o exercício da profissão de jornalista, profissão essencial para o exercício pleno da democracia e cidadania", finalizou a diretoria prometendo cobrar e acompanhar as investigações policiais no caso.