Grupo é detido suspeito de tráfico e laboratório clandestino de droga é desativado, na PB

Um laboratório clandestino de fabricação de drogas sintéticas foi desativado na quarta-feira (22) pela Polícia Civil, em João Pessoa. Os policiais prenderam quatro pessoas suspeitas de envolvimento com o tráfico de drogas e apreenderam cerca de mil comprimidos de entorpecentes. A investigação, segundo o delegado Bruno Germano, continua, porque pode haver ligação com estados vizinhos.

A ação foi realizada pela equipe da Delegacia de Repressão a Entorpecentes de João Pessoa (DRE). Segundo o delegado Bruno Germano, ainda foram localizados diversos insumos e materiais usados na fabricação do entorpecente. A Polícia Civil também apreendeu uma quantia em dinheiro, que acredita ser proveniente do crime.

Ainda de acordo com o delegado, os materiais ilícitos estavam escondidos em dois imóveis localizados no município de Cabedelo e em um imóvel de luxo no bairro do Bessa, em João Pessoa. “Os suspeitos alugaram uma casa, no Bessa, com piscina e bastante confortável, onde moravam e usavam para fabricar os entorpecentes”, afirmou o delegado. O imóvel do bairro do Bessa foi locado há cerca de três meses.

Os suspeitos foram conduzidos para a Central de Polícia Civil e serão autuados por crime de tráfico de drogas e associação para o tráfico. Três pessoas ficaram presas e outra, um consumidor, assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foi liberado.