Covid: 263 mil potiguares estão com a 2ª dose da vacina atrasada e 137 mil não tomaram reforço


Mais de 260 mil potiguares estão com a segunda dose da vacina contra a Covid em atraso. É o que aponta um levantamento divulgado pelo Laboratório em Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS/UFRN), que monitora os índices de imunização em todo o Rio Grande do Norte.

De acordo com o relatório, 263 mil pessoas ainda não foram aos pontos de vacinação para receber a segunda dose da CoronVac, Pfizer ou Oxford/AstraZeneca. Os imunizantes só possuem eficácia após a aplicação das duas doses. Além disso, mais de 137 mil pessoas também estão com a dose de reforço em atraso no Rio Grande do Norte.

A dose de reforço é permitida em profissionais da saúde e idosos acima de 60 anos após cinco meses da aplicação da D2, além de pessoas imunossuprimidas depois de 28 dias. Desses, 22.838 atrasados com a dose de reforço são profissionais da saúde, sendo 10 mil só de Natal, e 115.144 são idosos.