Com circos fechados por causa do coronavírus, artistas pedem apoio de autoridades e população

A pandemia do novo coronavírus tem causado impacto em vários setores da sociedade. Sem poder receber público, os circos foram afetados diretamente e fecharam as portas em todo o Brasil.

Centenas de famílias de artistas envolvidas na rotina circense estarão sem o seu sustento e precisarão de ajuda neste momento em que a população precisa ficar em casa. Este é o apelo feito pelo palhaço Fuxiquinho, de Mossoró.

“Infelizmente, neste período de pandemia, vou ter que tirar minha peruca, minha maquiagem. Quando será que vou poder me pintar novamente, né? Os circos foram fechados. A pergunta que fica é: como a gente vai sobreviver se a gente depende do público?”, desabafou Alexander Campelo, o Fuxiquinho, em vídeo publicado em uma rede social.