Promotor denuncia que policial integra grupo de extermínio na Paraíba

O promotor Marinho Mendes fez uma denúncia muito seria nesta quarta-feira (16) durante entrevista ao Correio Debate.

Segundo Marinho Mendes, um cabo da Polícia Militar, conhecido como cabo Natanael, lotado na 3ª Companhia do 1º Batalhão de Polícia Militar estaria envolvido com uma quadrilha de assassinos e assaltantes que agem no vale do Mamanguape.

O próprio Cabo, juntamente com seu bando estaria planejando matar dois policiais militares que combatem a bandidagem naquela região.

Os alvos seriam o subtenente Venaldo Paulo dos Santos e um soldado de nome Bruno.

Marinho Mendes disse ainda que um pistoleiro de Natal foi contratado por R$ 10 mil reais para executar os policiais com uma parte do dinheiro já adiantada e um marginal da região já se comprometeu que até o final de semana daria cabo da vida dos militares.

Desesperado, o promotor apela para que o comandante da Polícia Militar da Paraíba e o secretário de Segurança Claudio Lima, tomem as providências.

Ele quer que seja designado um delegado para acompanhar o caso, “pois a coisa é muito feia”.

Ele garantiu que tem provas que o Cabo Natanael está envolvido até a “espinha dorsal com a quadrilha”. “Esse homem está sujando e chafurdando com aquilo que nos combatemos”, disse.

Marinho Mendes descartou a possiblidade do policial fazer parte de um grupo de extermínio. Ele disse que os policiais são alvos dos bandidos porque contrariam os interesses dos criminosos.

“Eles são os alvos deles porque contraria os seus interesses. Não é um grupo de extermínio, é um grupo de covardes“, disparou.


ITEP: Servidores marcam paralização

Precariedade no atendimento superlota a Coordenadoria de Identificação do Itep, na Ribeira.

Os servidores do Instituto Técnico e Científico de Polícia do Rio Grande do Norte (Itep-RN) vão fazer uma paralisação de advertência nos próximos dias 22 e 23, terça e quarta-feiras, numa tentativa de pressionar o governo a enviar à votação, na Assembléia Legislativa, o anteprojeto de lei sobre a Lei Orgânica e o Estatuto da instituição.

O diretor Financeiro do Sindicato dos Agentes da Polícia Civil (Sinpol), Francisco Alves, informou que os servidores tomaram essa decisão na assembléia realizada no dia 8 deste mês, já em decorrência de um acordo feito para o fim da greve de fevereiro, quando o governo prometeu concluir a revisão do anteprojeto no prazo de três meses, o que até agora não ocorreu.

Francisco Alves disse que a minuta do  anteprojeto está engavetado na Consultoria Geral do Estado (CGE) e até agora não foi devolvido ao Gabinete Civil, para que de lá fosse submetido à avaliação da governadora Rosalba Ciarlini e posterior remessa à Assembléia Legislativa.

Atualmente, o Itep funciona como um órgão em regime especial do governo e como não tem estatuto, segundo o sindicalista , "funciona como não existisse uma carreira de servidores".

Alves afirmou que no quadro efetivo do Itep, hoje, só existem 184 funcionários. Já o quadro complementar para a sede em Natal e nas regionais de Caicó e Mossoró e ainda dos servidores que prestam atendimento nas cinco Centrais do Cidadão em Natal e nas 17 do interior, é por ele estimado em 500 funcionários cedidos, colocados à disposição por outros órgãos públicos ou indicações políticas, inclusive para os cargos comissionados: "O Itep hoje é um cabide de emprego, sabe como é, as gratificações são por apadrinhamento político".

Para Alves, com a aprovação da Lei Orgânica e do Estatudo, cria-se as condições para a realização de concurso público "e então o Itep passe a funcionar de fato e de direito", pois acha que hoje "qualquer um pode ir pra lá".

Segundo Alves, o Estatuto prevê a implantação de um plano de Cargos e Salários, que inclui progressões salariais.

Mesmo com a descentralização do atendimento nas Centrais do Cidadão, as pessoas que procuram a Coordenadoria de Identificação do  Itep, na rua Ferreira Chaves, Ribeira, têm de enfrentar filas para requererem uma segunda ou terceira via da chamada "Carteira de Identidade", a um custo de R$ 25,00 e R$ 35,00 respectivamente, ou então o "Atestado de Antecedentes Criminais", que é gratuito.

O funcionamento da Coordenadoria de Informática por trás da sede do Itep, que fica na esquina da  avenida Duque de Caxias  com a Travessa Bom Jesus, ocorre das 8 às 14 horas,  mas no começo da manhã a demanda é tão grande, que as cadeiras colocadas à disposição das pessoas não dão vencimento. Elas têm de ficar ao sol, na calçada.

Nas Centrais do Cidadão, o atendimento é direcionado à concessão de "Atestados de Antecedentes Criminais" e desde 1º de agosto de 2011 apenas para a emissão da primeira via da cédula de identidade. O funcionamento é de terça a sábado, exceto na unidade da Cidade Alta, que funciona de segunda à sexta-feira.
 


Procura-se assaltante do bilhetinho; três óticas no centro foram vítimas

Bilhete deixado pelo assaltante
 

Um assaltante está deixando os comerciantes do Centro de Natal apavorados, não somente pela ousadia, mas pelo modo como pratica o crime: com um bilhete escrito à mão, ele anuncia o assalto, sem dar alardes. O delegado Elivaldo Jácome, titular da 1ª delegacia do Centro, diz que pelo menos três roubos foram cometidos pelo criminoso desde o início de outubro. O delegado acredita ainda que o bandido possa estar agindo também no bairro do Alecrim.

O suspeito é identificado como sendo um moreno, de compleição forte, usando sempre um boné, calças jeans e camiseta. Ele chega para a atendente e mostra um bilhete com os seguintes dizeres: "É um assalto. Agente não quer machuca ninguém só queremos o dinheiro. Naturalmente e sem grasinha. Obs. Quando eu sair vai ficar por cinco minutos uma pessoa olhando todo movimento durante este tempo é bom não ter tumuto si não agente vouta depois ok" (sic).

 Câmeras filmam o homem
 

O último assalto registrado na 1ª DP aconteceu no dia 3 deste mês, em uma ótica da Rua Ulisses Caldas. A gerente da loja, que preferiu não ser identificada, conta que o assaltante entrou no estabelecimento sozinho, foi até a atendente e lhe entregou o bilhete. "Ela pensou, no início, que se tratava de alguém pedindo ajuda e devolveu o papel. Mas ele bateu nela e pediu que ela prestasse a atenção no que estava escrito". Do local o bandido levou 20 relógios, que equivaliam no total R$ 6,5 mil. Ainda durante a ação, segundo a gerente, o criminoso falava com outra pessoa ao celular. "Ele dizia para a pessoa esperar, não desligar a moto que ele já estava saindo". Para a gerente, mais do que o prejuízo financeiro é o trauma que fica nas funcionárias, agora sempre amedrontadas.

O empresário Joselito Batista de Souza, que também é presidente da associação dos comerciantes do Centro de Natal, conta que sua ótica na Rua Floriano Peixoto, em Petrópolis, também foi alvo desse criminoso no dia 14 do mês passado. O modo de cometer o crime foi o mesmo: sozinho, ele entrega o bilhete e exige da vendedora dinheiro. "Como não havia dinheiro na hora, ele levou um notebook". As câmeras de vigilância interna flagraram a ação do criminoso e as imagens já foram repassadas à Polícia. "Nós da associação também estamos comprando câmeras para instalar em vários pontos do Centro para pelo menos identificar os autores de ações desse tipo".

O delegado Elivaldo afirma que sua equipe já está em campo para identificar o criminoso. No entanto, ele acredita que o bandido possa estar migrando para a área do Alecrim. O delegado desse bairro, Natanion de Freitas, afirma que crimes desse tipo ainda não foram registrados na sua DP.  


BOPE usará Caraúbas como base para atuar na Região Oeste do Rio Grande do Norte

Em reunião com a juíza Daniella Rosado, promotor Flávio Corte, CDL, Maçonaria, Câmara Municipal e Prefeitura, na sede do Ministério Público, na tarde de ontem (16), a Polícia Militar e Civil anunciaram aumento de efetivo para atuar em Caraúbas.

O coronel PM Túlio César, do 2º BPM de Mossoró, disse ao capitão PM Carvalho que o Bope vai se instalar em Caraúbas para atuar na Região Oeste do Rio Grande do Norte. Esta foi à grande notícia para Caraúbas.

 
A segunda boa notícia, foi que o capitão Carvalho já foi autorizado a selecionar 16 PMs e deixar o BOPE treiná-los para atuar em Caraúbas.

Enquanto esta turma não é selecionada e treinada, o capitão Carvalho disse que o comandante do BOPE, Marcos Teodósio, vai ficar fixo em Caraúbas a disposição da cidade.

 
 
A terceira notícia é razoável, o novo delegado da Divisão de Polícia do Oeste (DIVIPOE), Odilon Teodósio, disse que vai designar um agente graduado em direito para a DP de Caraubas. “Quando o cidadão procurar, vai ter sua queixa registrada e este agente vai iniciar os procedimentos enquanto o delegado civil chega à cidade”, destaca.

A quarta notícia é ótima. Odilon, com trabalho destacado em Natal no combate as drogas, garantiu que vai presidir as investigações para prender os responsáveis pelo atentado. As informações passadas pelo capitão Carvalho e pelo delegado Odilon Teodósio foram motivos de comemoração na cidade de Caraúbas.

 
Fonte: Cesar Alves - Retratos do Oeste

Caso F Gomes: Novas peças no quebra-cabeça

Jornalista F Gomes

O Novo Jornal, edição de ontem, 17 de novembro, trás uma matéria contando informações sobre novos nomes de pessoas que podem dos mandantes da morte do jornalista F Gomes, ocorrida em 18 de outubro de 2010.

De acordo com a matéria, um pastor evangélico, um tenente coronel da PM e um advogado deverão ser denunciados como mandantes do crime.

O Blog traz parte da matéria divulgada pelo jornal. Confira:

CORONEL DA PM, ADVOGADO E PASTOR SERÃO DENUNCIADOS COMO VERDADEIROS MANDANTES DA MORTE DE F. GOMES.

Por Anderson Barbosa do Novo Jornal

REVIRAVOLTA À VISTA.  Surpreendente, aliás. Para a Polícia Civil, existe uma grande chance de o comerciante Lailson Lopes – mais conhecido como o Gordo da Rodoviária – não ter sido o real mandante da morte do radialista Francisco Gomes de Medeiros, o F. Gomes, assassinado a tiros no dia 18 de outubro de 2010, em Caicó. As investigações levam a crer que o mentor, ou melhor, que os orquestradores do homicídio, crime que chocou não apenas a região Seridó, mas todo o Rio Grande do Norte, agora são três. Um tenente coronel da Polícia Militar, um pastor evangélico e um advogado surgem como os prováveis contratantes do mototaxista João Francisco dos Santos, mais conhecido como Dão.

Dão é réu confesso no processo. Isso não muda. No entanto, o fato é que o inquérito não foi encerrado como se imaginava.

O julgamento de Dão e de Lailson ainda não tem data certa para acontecer. E pelo visto, vai demorar mais algum tempo, já que estas novas informações estão sendo apuradas pela Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado, a Deicor.

A primeira, obviamente, trata da possibilidade de Lailson ser inocente. A segunda vem em razão da primeira, ou seja, do valor acertado pela alma do radialista. Consta no inquérito que o assassino teria sido contratado por R$ 10 mil para puxar o gatilho. A polícia ainda não sabe se Dão recebeu o dinheiro. Três mil reais seriam pagos para ele atirar e fugir. Os sete mil restantes seriam pagos posteriormente, quando a poeira sentasse.

Os nomes do tenente coronel, do advogado e do religioso foram repassados à reportagem, mas serão mantidos em sigilo até que as denúncias sejam formalizadas ao Ministério Público.

A delegada Sheila Freitas, titular da Deicor, foi procurada para falar sobre o caso, mas não quis dar declaração. O mesmo aconteceu com o delegado geral Fábio Rogério. Por telefone, ele preferiu não comentar a possibilidade de uma reviravolta, mas admitiu que as informações realmente procedem.

Lailson Lopes, preso desde fevereiro deste ano, encontra-se encarcerado na Cadeia Pública de Caraúbas. Foi atrás das grades, a propósito, onde a nova versão para os fatos veio à tona. De acordo com o informante que passou as informações ao NOVO JORNAL, cujo nome também será mantido em segredo, as peças que podem fechar em definitivo o quebra-cabeça surgiram após um depoimento revelador do então acusado. O interrogatório foi feito na semana passada, lá mesmo no presídio.

“Lailson está sofrendo chantagem. O pastor e o advogado foram até Caraúbas e ameaçaram matar seu filho. Caso ele não permanecesse calado, ou não assumisse toda a culpa, o filho dele, um rapaz de 14 anos, também seria executado”, contou a fonte. Contudo, a chantagem e as ameaças não surtiram o efeito esperado. Lailson resistiu à pressão e abriu a boca. Porém, para revelar tudo o que sabia, inclusive se comprometendo em confirmar tudo em juízo, ele exigiu proteção de vida, incluindo garantias de segurança para sua família. A Polícia Civil aceitou o acordo.

Lailson assumiu que realmente não gostava de F. Gomes. Porém, não teria motivos para vê-lo morto. Mesmo que o radialista o tivesse denunciado várias vezes no programa que mantinha na Rádio Caicó AM, foram outras denúncias feitas pelo comunicador que supostamente motivaram sua morte. “Não tem nada a ver com o que foi divulgado até agora. Nada de drogas ou denúncias contra o próprio Lailson. Mataram F. Gomes porque ele vivia denunciando irregularidades dentro do Presídio Estadual de Caicó, o Pereirão”, acrescentou a fonte.

MP:
Todo o interrogatório está gravado em vídeo e áudio. O material será entregue ao MP nos próximos dias. Depois disso, a responsabilidade de analisar os fatos e de oferecer ou não novas denúncias à justiça i cará nas mãos dos promotores. Se isso acontecer, mandados serão expedidos e certamente levarão o oficial do alto escalão da PM, o advogado e o religioso à cadeia. Já o comerciante, uma vez inocentado, deverá ser solto e incluído no Programa de Proteção à Testemunha. Sua família também.

REVIRAVOLTA ANTECIPADA PELO ADVOGADO DE “GORDO”

Esta não é a primeira vez que há possibilidade de haver uma reviravolta no caso F. Gomes. Em matéria publicada no último dia 5 de agosto, o NOVO JORNAL já havia antecipado o assunto. Na época, o advogado Antônio Carlos de Souza Oliveira, defensor do comerciante Lailson Lopes, afirmou que seu cliente era inocente. Contudo, as provas só seriam reveladas no dia do julgamento. “Surgiram fatos novos”, disse o advogado, acrescentando que testemunhas iriam depor a favor do Gordo da Rodoviária.

Questionado desde quando possui conhecimento de tais informações suficientes, segundo ele, para levar o juiz Luiz Cândido de Andrade Villaça a pedir a prisão dos supostos verdadeiros mandantes do assassinato do radialista – Antônio Carlos disse que só ficou sabendo das chantagens e das ameaças depois que o comerciante já estava preso. “Como só assumi o caso depois da audiência de instrução, meu trabalho foi prejudicado. Se tivesse assumido desde o início, antes do magistrado ter se pronunciado, certamente o Lailson nem iria a julgamento”, frisou o advogado.

O mototaxista João Francisco dos Santos, o Dão, apesar de ter admitido os disparos, segue alegando que atirou em legítima defesa. Ele afirma que ao se aproximar de F. Gomes, o mesmo teria feito menção de que sacaria uma arma.

No momento em que F. Gomes tombou na calçada de sua casa, no entanto, não havia nenhuma arma com ele, apenas um jornal que estava lendo quando foi baleado. Atualmente, Dão encontrasse trancai ado numa das celas do Presídio Provisório Professor Raimundo Nonato Fernandes, na Zona Norte de Natal. Já Lailson, o Gordo da Rodoviária, permanece preso na Cadeia Pública de Caraúbas.

Fonte: Sidney Silva
 


Programa Ponto de Vista recebeu o Profeta Isaias de Acari

Advogado Dr. Anesiano Ramos e o Profeta Isaias

O Programa Ponto de Vista na Cabugi do Seridó recebeu no quadro da entrevista, Isaias Cabral, o Profeta, na oportunidade, Isaias falou sobre a politica municipal de Acari e também a nivel de Estado.

Isaias que foi o candidato de oposição na última campanha municipal em Acari perdeu com pouco mais de cem votos, em um resultado apertadissimo.

Falou que em 2008 foi uma eleição de dificuldades e que em 2012 seu palanque estará mais forte com os candidatos que apoiou e deu a vitória na eleição estadual de 2010 no municipio de Acari.

Isaias evitou criticar a administração do atual prefeito Antônio Carlos, o Tom, mas falou sobre 2012 com otimismo " Se o povo de Acari me escolher novamente estarei a disposição para disputar a eleição, contra qualquer candidato no sistema situasionista"

O Programa Ponto de Vista vai ao ar todas as quartas-feiras às 17h20mim na Cabugi do Seridó, ouça em tempo real pelo site www.cabugidoserido.com.br ou pela frequência 1150 no seu rádio, na apresentação deste reporter Magno César e o Advogado Dr. Anesiano Ramos.


Currais Novos: Lei que dá nome a ginásio é julgada inconstitucional

Ginásio o Geraldão

O Tribunal de Justiça do RN julgou a unanimidade pela inconstitucionalidade da Lei nº  1.531, de 27 de junho de 2000, que dispõe sobre a denominação do Ginásio Poliesportivo localizado na confluência das Ruas Doutor João Dutra de Almeida e Cândido Dantas de Araújo com o nome de GERALDO GOMES DE OLIVEIRA – o Geraldão.

A decisão acatou os pedidos do Ministério Público na Ação Direta de Inconstitucionalidade nº 2011.005179-5. De acordo com a Ação o então prefeito da cidade, Geraldo Gomes de Oliveira, colocou o seu próprio nome no estádio de futebol do município, contrariando os princípios constitucionais da impessoalidade e moralidade definidos no Art. 26 da Constituição Federal.


MP pede mudanças em regime de detenção de policias militares

A permanência de policiais militares detidos em batalhões da Corporação Policial Militar do Estado deve passar por alguns ajustes, de acordo com Recomendação expedida pelo Ministério Público.

Segundo o documento, assinado pelo Promotor de Justiça José Braz Paulo Neto, os presos provisórios e condenados devem permanecer separados e cumprindo pena em regime fechado, sem acesso a áreas externas da unidade. A recomendação pede ainda que os policiais que cumprem pena em regime semi-aberto, sejam liberados apenas para desenvolver atividades em áreas próximas a unidade.

Segundo José Braz Paulo Neto, a unidade localizada na área do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), na Zona Norte de Natal, era uma das que apresentava o maior número de problemas, inclusive sem a presença de gestores para dirigir a unidade. “Mas durante uma reunião realizada na última sexta-feira (11), fui informado que os policiais foram transferidos e a unidade fechada”, explicou.

Caso os detentos não cumpram a recomendação, a conduta deve ser comunicada ao Juízo das Execuções Penais


Jardim do Seridó: MP recomenda proibição de bingos no município

O Ministério Público da Comarca de Jardim do Seridó expediu recomendação direcionada ao Comandante do Destacamento de Polícia Militar e ao Delegado de Polícia Civil de Jardim do Seridó onde prevê que, havendo a realização de bingo na cidade, seja feita a apreensão dos bens utilizados no evento, além do dinheiro arrecadado, e determinem a apreensão dos responsáveis pelo evento e respectivo encaminhamento à Delegacia de Polícia.

Capitão Moacir e Dr. George Leão

Os responsáveis pelos eventos não possuem qualquer licença, autorização ou documento equivalente para a exploração de jogos de bingos, prática essa que se configura como contravenção penal, de acordo com o art. 51 do Decreto-Lei 3.688/1941.

O MP recomenda aos responsáveis que se abstenham de realizar propaganda dos eventos cartelas ou equivalentes.


Vem ai eleição para Conselheiro Tutelar em Jardim do Seridó

Presidente do CMDCA Francisco Felix

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Jardim do Seridó convida todos os inscritos que irão realizar a prova para concorrer a uma vaga de conselheiro tutelar, que hoje (16.11), será realizada uma reunião de suma importância com todos.

A reunião acontece a partir das 17h na sede da SEMTHAS (Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social ) no centro da cidade, onde serão explicados vários assuntos referentes a aplicação da prova de conhecimentos especificos, ECA ( ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE ).

Confira os nomes dos inscritos que irão se submeter a prova:

01 - Lucila Dantas dos Santos Costa                                                    11 - Maria de Fátima da Silva

02 - Marcilene Maria Azevedo de Medeiros                                        12 - Maria da Conceição Vasconcelos

03 - Joselito de Medeiros Soares                                                         13 - Terezinha de Oliveira Cunha

04 - Joel Carlos Silva                                                                              14 - Maria Ana de Araujo

05 - Jônatas de Azevedo Meira                                                             15 - Maria de Fátima Candido dos Santos

06 - Maria Aparecida Mendes                                                                16 - Luiz Matias da Silva Neto

07 - Maria Valdeneide da Silva                                                              17 - Maria de Lurdes de Oliveira dos Reis

08 - Lúcia de Fátima Dutra Ferreira                                                      18 - Tietre Bezerra Neto

09 - Inês Fernandes de Medeiros                                                         19 - Raquel Fernandes de Medeiros

10 - Josinete dos Santos Medeiros de Azevedo                                20 - Arian Medeiros Lopes

 

 


Acidentes: Maior parte das vítimas é jovem

Alan Silva caiu da moto pilotada por seu amigo e espera cirurgia

O dia 27 de fevereiro de 2011 jamais será esquecido pelo empresário Marcelo Almoedo e sua esposa, a advogada Andréa Almoedo. Foi na madrugada daquele dia que o filho do casal, Alan Almoedo Moura, faleceu após um acidente automobilístico. Dois dias antes, Marcelo conversou com Alan. "Meu filho, muito obrigado por me deixar ser seu pai durante esses anos. Obrigado por ser esse filho, que tanto me orgulha",  disse Marcelo. A conversa, sem que pai e filho soubessem, era uma despedida.

No último domingo, Gustavo Retlen Costa de Queiroz não resistiu aos ferimentos provocados por uma forte colisão entre o carro que ele conduzia e um poste. E faleceu no local do acidente. Mais que a causa da morte, as vítimas têm em comum o fato de serem jovens. Alan tinha apenas 17 anos e Gustavo, 23. Os dois casos, somam-se a tantos outros que acontecem todos os dias no Rio Grande do Norte. Diariamente, jovens arriscam a vida em carros e motos pelas estradas, ruas e avenidas de todo o Estado.

O coordenador médico do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu Natal), Ariano Oliveira, é categórico ao afirmar que a maioria dos acidentes envolvendo veículos acontece, principalmente, com jovens. "É notório que há uma grande incidência de acidentes com mortes de jovens com idade entre 15 e 18 anos, bem como naqueles com entre 28 a 30 anos", diz. Nos últimos anos, as motos de baixa cilindrada, as chamadas "cinquentinhas", também foram as responsáveis pelo aumento no número de ocorrências no Samu Natal. "Como não há uma legislação específica para disciplinar o uso dessas motocicletas, qualquer pessoa pode comprar uma. Une-se a inexperiência com a imaturidade e o resultado é o aumento do número de acidentes", afirma Ariano.

O clínico geral Salomão Diniz há 35 anos atende pacientes no Pronto Socorro Dr. Clóvis Sarinho. Ele conta que, em cada plantão de seis horas, registra, pelo menos, oito pacientes que se envolveram em acidentes de trânsito. "Desses, quase a totalidade estavam conduzindo ou eram carona em motos", afirmou.

Nos corredores do maior pronto socorro do estado, é fácil constatar o que disse o médico. Na tarde de ontem, em um dos corredores do hospital, pelo menos cinco pacientes aguardavam uma vaga para submeter-se a uma cirurgia. As histórias são parecidas. "Eu estava indo para casa, depois do trabalho. Veio um carro e me trancou. Acabei caindo", disse o agricultor Ronaldo Oliveira, 33 anos. O acidente que vitimou Ronaldo aconteceu no dia 25 de outubro, em São Paulo do Potengi. Desde então, ele aguarda  uma cirurgia que será realizada em um dedo da mão direita.

O comerciante Alan Silva, 20 anos, caiu de uma moto na última quinta-feira. Quem pilotava a motocicleta era um amigo. A colisão com um carro foi a causa do acidente em uma das avenidas do bairro Nova Natal, na capital. "Quebrei o tornozelo e agora estou aqui esperando a cirurgia. A queda foi feia, mas a culpa nem foi do meu amigo. A mulher que estava dirigindo o carro foi a culpada. O jeito agora é esperar essa vaga e aguardar ficar bom", disse.

Felizmente, os pacientes estão vivos para contar as histórias deles. Apesar do impacto e violência dos acidentes, não correm risco de morte. "E esses que estão aí devem dar graças a Deus que não ficaram com uma sequela maior. Muitos ficam paraplégicos ou perdem membros importantes como uma perna ou braço", disse Salomão Diniz. "Acho que é necessário, urgentemente, a implantação de aulas sobre educação no trânsito nas escolas, no ensino básico. As pessoas precisam aprender, desde cedo, como evitar acidentes tão graves", afirmou o médico.

"Se os acidentes com motos e aqueles que envolvem ingestão de bebida alcoólica fossem reduzidos, o atendimento no Clóvis Sarinho diminuiria 80%. Esses dois ingredientes, moto e álcool, junto com a imaturidade, são responsáveis por um número muito elevado de atendimentos no hospital de referência", diz Ariano Oliveira.

Pais de jovem vítima encabeçam campanha preventiva

No dia 29 de dezembro deste ano, Alan Almoedo Moura completaria 18 anos. Não fosse o acidente trágico no dia 27 de fevereiro passado, amigos e família se reuniriam para parabenizar o jovem que era conhecido pela sua alegria, inteligência e bondade. Uma colisão na avenida Hermes da Fonseca pôs fim à vida do jovem que acabara de ser aprovado no curso de Direito na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). "Dizem que podem nos roubar tudo, menos os sonhos. Isso é mentira. Os sonhos também podem ser roubados. O nosso sonho foi roubado de nós", lamenta a mãe de Alan, a advogada Andréa Almoedo.

Andrea e Marcelo Almoedo contam como decidiram se engajar contra os acidentes de trânsito

Dois meses depois do acidente fatal, Andréa e o esposo, Marcelo Almoedo, resolveram transformar o sofrimento em força para lutar por uma causa: evitar que outros jovens tenham o mesmo fim trágico do filho. No dia 27 de abril, com o apoio de amigos de Alan, realizaram a primeira ação do projeto "Trânsito na Paz". A iniciativa conta hoje com o apoio do Governo do Estado e foi tema da campanha da Semana Nacional de Trânsito no RN. Marcelo explica que o objetivo do projeto não tem uma data para ser alcançado. "É uma campanha para sempre. Jovens estão chegando e adquirindo maneiras de agir pela ausência dos pais. Isso é um trabalho que devemos fazer constantemente. Não tem como parar". O casal, nos próximos dias, vai à Brasília para levar uma proposta de lei que inclua a disciplina de "Cidadania e Trânsito" no currículo escolar

.

Os pais de Alan vão à bares e casas noturnas chamando atenção dos jovens para o perigo de beber, dirigir e correr no trânsito. O foco da campanha são os jovens, porém, o casal acredita que os pais também precisam serem reeducados. "A educação dos filhos precisa ser revista. Para os pais, é mais fácil dizer sim. Mas é preciso dizer não. É preciso estar atento ao que acontece com seus filhos", diz Andréa. Depois de quase nove meses convivendo com a ausência do filho, a advogada resume o sentimento. "Já senti a dor mais forte que alguém pode sentir: vi um filho morrer. Não há mais como sofrer", contou.

Preparação de motoristas é discutida

No Brasil, a idade mínima para dirigir é 18 anos. Quando completa essa idade, o jovem pode procurar uma unidade do Departamento Nacional de Trânsito (Detran) para requerer a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Antes de adquirir o documento, o pretenso motorista precisa provar que conhece as regras e leis de trânsito. Para tanto, faz curso de condução em autoescola e submete-se à exames no Detran. O processo dura, geralmente, pouco mais de dois meses. Há algum tempo, estudiosos e gestores do trânsito discutem se os novos motoristas estão chegando às ruas devidamente preparados. Para alguns, educação de trânsito deveria ser disciplina obrigatória ainda na educação básica.

Com o intuito de formar uma geração de motoristas mais conscientes, algumas ações já são realizadas. Escolas particulares oferecem aos alunos aulas de educação no trânsito. Nesse sentido, o Samu Natal pretende colocar em prática um novo programa: Projeto Samuzinho. De acordo com o médico Ariano Oliveira, a ideia é levar às escolas noções básicas de como se comportar e prevenir acidentes. "A criança é importante nessa mudança de atitude. Ela é um agente dentro de casa que pode mudar o comportamento do pai, por exemplo", disse.

O Projeto Samuzinho não propõe apenas aulas de educação no trânsito. Noções de ética e saúde também estão previstas. O projeto á foi apresentado às secretarias municipais de Saúde e Educação e o Samu Natal aguarda um retorno da Prefeitura do Natal. "Vamos ensinar também que não se deve, por exemplo, passar trote para o Samu. Esse tipo de educação tem que ser na base, na infância mesmo", afirmou Ariano.

O projeto prevê o início das atividades nas escolas da rede pública municipal de educação. Posteriormente, deve ser levado às escolas privadas. Mas ainda não há uma data de início.

Fonte: Tribuna do Norte


Pecado Capital: juiz federal valida todos os atos processuais da Justiça Estadual

Mário Jambo decretou também a quebra do segredo de justiça no processo

O processo da Operação Pecado Capital, que trata de uma denúncia onde teria ocorrido no Instituto de Pesos e Medidas do Rio Grande do Norte um esquema de corrupção, passará a tramitar na Justiça Federal. O juiz federal Mário Jambo, da 2ª Vara, confirmou que o Judiciário Federal é competente para o caso. Como primeiras medidas, Jambo determinou a quebra do segredo de justiça e ratificou todos os atos processuais e instrutórios já realizados pela Justiça Estadual.

De acordo com o magistrado, a Justiça Federal é a esfera competente para tratar do caso porque o IPEM é o órgão delegado para "efetivar o mister do Inmetro, que é a autarquia federal que atua em serviços de verificação e de fiscalização das medidas materializadas e dos instrumentos de medição."Portanto, as condutas delituosas constantes na denúncia teriam, de fato, atingido bens, serviços e interesse da União, enquadrando-se, dessa forma, na competência criminal da Justiça Federal", escreveu Mário Jambo ao definir pelo trâmite do processo no Judiciário Federal.

Ele argumentou que, por medida de economia processual e preservação das provas, estão ratificados os atos instrutórios realizados pela Justiça do Estado. Com isso, todas as decisões ficam ratificadas. Ao quebrar o segredo de justiça do processo, o magistrado manteve como exceção os dados bancários e fiscais, que são protegidos por sigilo legal.

A defesa dos acusados tentava desqualificar as provas coletadas pela Justiça Estadual, o que não foi o entendimento do juiz que comandará o caso a partir de agora.

Mário Jambo já definiu que os oito acusados da operação Pecado Capital terão dez dias para apresentarem as alegações da defesa, documentos, requerimento de justificações, especificações de provas pretendidas e arrolamento de testemunhas.

Os acusados nesse processo são: Rychardson de Macedo Bernardo, Rhandson Rosário de Macedo Bernardo, Adriano Flávio Nogueira, Daniel Vale Bezerra, Aécio Aluízio Fernandes de Faria, Acácio Allan Fernandes Fortes, Jéferson Witame Gomes, José Bernardo e Maria das Graças de Macedo Bernardo.

Fonte: Tribuna do Norte


PRF registra diminuição no número de acidentes nas BRs durante o feriado

Inspetor Rosemberg comemorou diminuição de acidentes nas rodovias federais que cortam o RN

A Polícia Rodoviária Federal registrou uma diminuição de 15,38% no número de acidentes  durante o feriadão de 15 de novembro (Proclamação da República) de 2010 para 2011. No ano passado ocorreram 65 acidentes, e este ano 55.

Na operação que teve início na sexta-feira (11), a PRF constatou também a diminuição no número de mortos e feridos em acidentes (25% e 65,31%, respectivamente). Durante todo o final de semana até esta terça-feira (15), os policiais rodoviários intensificaram a fiscalização nas rodovias do Rio Grande do Norte para coibir os crimes nas BRs do Estado.

Vinte e seis pessoas foram presas por embriaguez ao volante, quando no ano passado passado ocorreram 13 detenções por este motivo. A Polícia Rodoviária atribui o aumento ao maior efetivo disponibilizado este ano para as fiscalizações.

Na operação, a PRF também recuperou três veículos roubados, e apreendeu um carregamento com 51m³ de madeira proveniente de extração ilegal.


Mulher de 60 anos mata marido com faca peixeira em Macaíba/RN

Acusada Creuza
 
Foi registrado um homicídio na noite de ontem (15.11), na comunidade de Arapiraca, região rural de Macaíba. De acordo com o sargento Rômulo, do 11 º Batalhão da PM, uma agricultora identificada por Creuza Onorato de Lima, de 60 anos, desferiu dois golpes de faca peixeira conta seu marido, Janilson Onorato da Silva, de 64 anos.
A acusada se escondeu na casa da vizinha após cometer o crime, mas foi encontrada pelos policiais após uma denúncia anônima. Ainda segundo a polícia, Creuza vivia com a vítima a mais de 30 anos e durante este tempo sofria agressões e perseguições do companheiro.
Na entrada da Delegacia de Plantão, para onde foi conduzida Creuza conversou com a reportagem do Portal BO e disse que matou para se defender. “A minha vida era um inferno com este homem ele me batia sempre que bebia e hoje queria me matar”, declarou. A agricultora foi autuada por homicídio e conduzida a um presídio feminino da grande Natal.

Fonte: Portal BO


Polícia Militar monta Mega Operação para transferir detentos que participaram de rebelião na Colônia Penal em Sousa

Veja o video do Folha do Sertão

No início da noite de ontem (15.11), aconteceu um principio de Rebelião nos Pavilhões 3 e 4 na Penintênciaria Colônia Penal Agrícola de Sousa na Paraiba.

O mais atingido foi o pavilhão 3, aonde os apenados destruíram, e danificaram muita coisa.

O motim foi rapidamente contido pela força do Grupamento de Choque, e Agentes Penitenciários, com reforços de Guarnições do 14º BPM, Cajazeiras, e outros destacamentos que reforçaram a operação.

Conforme informações, o motivo da rebelião teria sido pela transferência do detento, Everaldo Soares da Silva, 23 anos, que na noite anterior, tentou matar três detentos na Colônia Penal Agrícola, a golpes de estiletes, e esganadura, e em seguida, tentou tirar a própria vida no isolamento, pra onde foi levado, após o fato.

Everaldo teria sido socorrido pelo SAMU para o Hospital Regional, após os Agentes Penitenciários, perceberam a tentativa de suicídio,  foi medicado e  depois, retornou para a Colônia Penal.

Ao chegar, Everaldo que estava já no regime semi-aberto, e, era acusado de furto, teria pedido para que não o deixasse na Colônia, pois estava ameaçado de morte, e corria risco de vida.

Mediante o problema já existe registrado na noite anterior, a secretaria de segurança pública orientou a direção do Presídio, transferir o Everaldo do Massapê para o Presídio de Cajazeiras, o qual foi realizado, às 13h de ontem

Quando por volta das 17h, a notícia chegou dando conta que o Everaldo do Massapê que tinha apenas, 23 anos, se matou por meio de enforcamento no interior do Presídio de Cajazeiras, para aonde foi transferido, momentos antes.

Depois que dois parentes de Everaldo que também cumprem penas na Colônia Penal Agrícola, tomaram conhecimento da sua morte, teriam iniciado o tumulto no Pavilhão 3, estendendo até o Pavilhão 4.

Após contenção da rebelião, a Secretaria de Segurança  determinou que por medida de garantia 41 apenados fossem transferidos para a Antiga Cadeia Pública de Sousa, local aonde ficam os Presos Albergados, para depois serem transferidos para Presídios da Região nesta quarta-feira (16.11)

Uma Mega Operação foi Montada  mais de 50 policias de Sousa, Cajazeiras, Catolé do Rocha e Pombal, participaram da transferência dos Presidiários sob forte segurança.


Policiais evitam caça irregular na zona rural de São José do Seridó-RN

 

Peba capturado

Na manha de ontem (15.11), caçadores foram flagrados no sítio Olho D'água, zona rural de São José do Seridó a 5 Km da área urbana. Policiais Militares do destacamento de São José chegaram até eles, através de uma denúncia anônima encaminhada pelo 190. A pessoa, que não quis se identificar, relatou que homens estavam caçando naquelas imediações. 
 
 
 
Os policiais, que não dormem em serviço, partiram para averiguar a ocorrência e chegando lá se depararam com três motocicletas estacionadas às margens de uma estrada carroçável. Se embrenhando na caatinga, a polícia flagrou 5 caçadores com um animal conhecido no Seridó como Peba, uma espécie de tatu. 
 
 
 
De pronto, a CIPAM foi acionada e os infratores foram conduzidos para a 3ª DRP sendo autuados em flagrante e posteriormente liberados. Os inimigos dos animais deverão responder por crime ambiental.
 
 
Fonte: V&C Artigos e Notícias
 
 

Viatura de combate a incêndio do Corpo de Bombeiros de Caicó caiu em Galeria

 Creditos Fotos: Geraldo Oliveira
 

Informações chegadas de Caicó dão conta que uma viatura de combate a incêndio da unidade Corpo de Bombeiros da cidade  caiu em uma galeria no Bairro João XXIII na noite de hoje (15), quando atendia uma ocorrência.

 

De acordo com informações colhidas pelo nosso Blog, a viatura estava atendendo uma ocorrência nas proximidades do Campo do Botafogo quando a galeria cedeu e a viatura acabou caindo no buraco.

Uma equipe da prefeitura de Caicó foi solicitada para o local com um trator para tentar retirar a viatura que era muito pesada.


Bope apreende na Rocinha arma com capacidade para derrubar helicóptero

Armas apreendidas
 
Policiais militares do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) apreenderam nesta terça-feira uma metralhadora na favela da Rocinha, zona sul do Rio. A metralhadora, de uso exclusivo das Forças Armadas, tem potencial para furar blindados e derrubar helicópteros.
 
 
Ocupação da Rocinha
 
A arma foi encontrada na localidade conhecida como Pocinho, ela estava enterrada em tonéis. A polícia encontrou ainda uma grande quantidade de cocaína, munição e material para a embalagem da droga em localidade conhecida como Laboriú.
 
O material apreendido também foi levado ao 23° DP, onde será contabilizado.

Policial Militar da Paraíba faz 20 pessoas reféns no litoral do RN

Policial Mário Ferreira
 
Um policial militar da Cavalaria de Campina Grande (PB) foi preso na noite de segunda-feira (14), em Barra do Rio, após pegar uma pistola calibre 380 e fazer mais de 20 pessoas como reféns, na balsa que fazia a travessia Jenipabu / Barra do Rio. Entre as vítimas do PM estava o filho de um policial civil. Assustado com a situação, o jovem enviou uma mensagem de celular para o pai, que rapidamente solicitou reforço, acionou o Centro Integrado de Operações de Segurança Pública e foi até o local.
 
Além dos policiais civis, pelo cerca de 40 homens da Polícia Militar se deslocaram para o a praia e, chegando próximo à balsa, eles fizeram um cerco. Os policiais fizeram abordagem ao suspeito e pediram que ele não reagisse.
 
O policial paraibano Mário Ferreira Costa Junior tinha ameaçado, inclusive, atirar no veículo do filho do policial, que estava alarmando. De acordo com a polícia, ele chegou a efetuar disparos contra dois homens que passavam próximo ao local em uma motocicleta. Segundo foi apurado pela polícia, Mário Ferreira estava de folga e, junto com um casal de amigos, teria dado "cavalo de pau" no seu veículo de marca Corolla. Com isso, um balseiro foi reclamar e os dois entraram em luta corporal.
 
Logo depois, o policial teria ido ao hotel onde estava hospedado pegou sua arma, voltando e fazendo as pessoas como reféns, para que elas informassem onde estava o homem que tinha brigado com ele. Os reféns passaram cerca de três sob mira da pistola do soldado paraibano.Mário Ferreira foi levado para a Delegacia de Plantão da Zona Norte, onde foi autuado. Logo depois, ele foi conduzido para o Quartel do Comando Geral da Polícia Militar, onde está preso.
 
Fonte: Portal BO

Corpo de Bombeiros controla incêndios

Bombeiros foram acionados para conter o incêndio

Na madrugada de hoje (15), o Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte trabalhou rápido em Natal e conteve dois incêndios em prédios, um no bairro do Tirol e outro em Ponta Negra. Apesar da dimensão das ocorrências, os sinistros foram controlados e não houve feridos em ambos os casos.

Às 2h42 da manhã, o edifício residencial Amadeus Mozart, de 18 andares, localizado no cruzamento da avenida Afonso Pena com a rua Juvenal Lamartine, registrou incêndio no quinto pavimento. A suspeita é de um curto circuito no ar condicionado. "A criança que dormia no quarto alertou os pais do incêndio e houve o acionamento dos bombeiros"' disse o major Santos Lima que comandou a operação com 20 homens.

saiba maisTerceiro andar de hotel em Ponta Negra é atingido por incêndio Apartamento de hotel em Ponta Negra pega fogo"Embora o incêndio tenha ocorrido apenas no quarto do quinto andar os 18 andares estão interditados preventivamente até que saiam os laudos do Itep, bombeiros e o de estrutura feito por um engenheiro", disse Santos Lima, estimando que amanhã (16) parte destes laudos estejam liberados. O major ressaltou a eficácia e eficiência do trabalho dos bombeiros que evitou vítimas e preservou a integridade do prédio.

Em Ponta Negra, os Bombeiros Militares foram acionados para solucionar um incêndio no Hotel Panorama, próximo ao cemitério, às 6h50 da manhã. Informações de populares identificaram problemas no ar condicionado de um quarto no terceiro andar, mas somente a avaliação do Instituto Técnico e Científico de Polícia do Rio Grande do Norte (ITEP/RN) revelará o que causou o fogo.

De acordo com o tenente Queiroz, coordenador das operações, também foi mobilizado para o local o Serviço Técnico de Engenharia. Neste caso, apenas o apartamento que registrou o problema foi interditado para que os bombeiros estudem quais as causas do incêndio. Comandaram a ação bem sucedida nesta madruga o major Santos Lima e os tenentes Pedro Henrique e Andrade.