Policia Ambiental apreende equipamento de som avaliado em 50 mil reais

 

Policiais militares do 3º Pelotão de Proteção Ambiental realizaram a apreensão de um equipamento de som, o conhecido “Paredão”, no último dia 30 de julho, na Cidade de Mossoró.

A ocorrência foi repassada pelo Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (CIOSP) com base em denúncias anônimas aos policiais ambientais. Segundo o comandante da viatura CIPAM 03, Soldado Marcelo, no local foi constatado “o elevado índice de poluição sonora”, obtendo o índice de 96,4 dB com a fonte sonora ligada.

Em vista da constatação, os policiais ambientais realizaram a condução do acusado e do aparelho sonoro à DP de Plantão, a qual realizou o procedimento cabível.

O “paredão de som”, avaliado em torno de R$ 50 mil, foi apreendido e conduzido à sede da CIPAM, em Mossoró, até a posterior liberação da Justiça.

Combate ao crime de poluição sonora será intensificado

Desde o início do funcionamento do 3º Pelotão de Proteção Ambiental na região oeste do Estado, o crime de poluição sonora se tornou o de maior incidência, principalmente na cidade de Mossoró, o que acarretou em uma grande apreensão de aparelhos sonoros causadores de poluição.

Há mais de um ano de efetivo serviço na Cidade de Mossoró, o 1º Tenente João José de Souza Almeida, comandante do 3º Pelotão de Proteção Ambiental, acredita que a população mossoroense já está consciente dos riscos causados à saúde humana pelo excesso de ruídos sonoros, bem como das limitações impostas pela Lei.

Dessa forma, o Comandante da CIPAM/Mossoró afirma que as fiscalizações de combate ao crime de poluição sonora serão constantes para que seja assegurado à população mossoroense o bem-estar.

Policia Ambiental de Mossoró


Ator que fazia Cirilo na 'Carrossel' argentina é condenado por roubo

O ex-policial e ator Marcelo Fabián Rodríguez, que interpretou o personagem Cirilo na novela "Señorita Maestra" (versão argentina de "Carrossel", gravada entre 1983 e 1984), foi condenado por roubo. A informação foi divulgada nesta terça-feira (2) pelo site do jornal argentino "Clarín".

O ator deverá cumprir quatro anos. Seu cúmplice, o também ator Julio Silva, morreu durante o episódio, em 2004. Fabián foi exonerado quando foi preso após o assalto frustrado em uma loja de conveniência na Argentina. Mesmo com a divulgação da sentença, ele ainda não foi preso, segundo a publicação. O ator havia declarado ser inocente.

O ator Marcelo Fabián Rodríguez, que interpretou o personagem Cirilo, foi condenado por roubo. "Eu quero que quando meu filho crescer ele sabia que não foram corretos com essas três pessoas", disse em alusão a ele e seus dois colegas mortos. Além de Fabián e Silva, há uma terceira pessoa não identificada. Fabián e Silva integravam o grupo Los Siracusa, que fazia apresentações com repertório voltado para a "cumbia romântica". Após versão argentina da telenovela, ele se tornou policial e músico.


Ladrão de bananas foi preso em Operação da Polícia

Bananas apreendidas com o acusado

Em uma operação denominada como OPERAÇÃO DELMONT o delegado de Assu Dr. Cláudio Ferreira juntamente com sua respeitável equipe conseguiram prender o acusado Luiz Carlos I. dos Santos, 34 anos natural de Patu/RN acusado de furto de bananas.

Segundo informações do eficiente chefe de investigação Antônio Carlos, o crime é afiançável, e que o acusado teria pago a fiança e teve a liberdade na noite de ontem (01/08).

A fazenda pelo qual aconteceu o furto de banana foi a fazenda delmont Sitio Baldum município de Ipanguaçu. O chefe de investigação Antônio Carlos avisa, a OPERAÇÃO DELMONT continua. 

Fotos: Focoelho


Assalto a posto de combustível

Na madrugada de hoje (02/08), por volta das 03h:40min dois elementos assaltaram o posto Diniz no centro da cidade de carnaubais.

Os policiais realizaram diligências e com êxito conseguiram localizar um menor, e em conversa com o mesmo, a policia já sabe quem é o segundo elemento.

Nas próximas horas a polícia pode anunciar a prisão do segundo elemento que participou da ação.


Saravá: Curandeiro foi preso com 180 crânios humanos

A polícia peruana descobriu ontem segunda-feira (1º), 180 crânios humanos que estavam na posse de um curandeiro, que foi detido no centro de Lima.

As autoridades do Peru informaram que os crânios eram utilizados em sessões de espiritismo e magia negra e eram comercializados pelo curandeiro, identificado como Augusto Cisneros Quispecondori, de 31 anos.

A polícia está a investigar a origem dos crânios e confiscou também produtos que se encontravam na posse do curandeiro "sem licença" para comercialização, como polvos alegadamente mágicos.


Acidente com vítima fatal na BR-230

Uma colisão envolvendo um automóvel e uma motocicleta na entrada do distrito de São Gonçalo em Souza/PB deixou o saldo de duas vítimas. A primeira vítima foi socorrida pelo SAMU e a segunda, Francisco das Chagas Sousa, 38 anos, que residia em Marizópolis, foi a óbito no local do acidente. O sinistro aconteceu ontem, segunda-feira (1º de agosto).
 

A ocorrência foi atendida pela 1ª Companhia Regional de Bombeiros Militar, sediada na cidade de Sousa em conjunto com o Samu daquela cidade, que fizeram o possível para salvar as vítimas.

Segundo a assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros, é preocupante a quantidade de ocorrências na região que são registradas na central de comunicação da Companhia de Bombeiros de Sousa/PB na entrada do distrito. Essa ocorrência em particular, provavelmente o carona (óbito) estava sem o uso do equipamento preventivo obrigatório (capacete).

A Polícia Militar foi solicitada e assumiu o local da ocorrência até a chegada do delegado plantonista e a Polícia Rodoviaria Federal. 


Casal conta como é a rotina de sofrimento.

Data de 1º de julho de 2002 que ficará marcada para sempre na vida do casal Francisco de Assis Morais, 51, e Maria Rejane da Silva, 33 anos residente em Assu. Foi neste dia, que um acidente envolvendo uma canoa no rio Piranhas/Açu teve como consequência a morte por afogamento de seis, do total de 10, que ocupavam a canoa. Entre as vítimas, cinco eram filhos do casal citado, que presenciou naquele momento uma tragédia que mudaria para sempre o rumo de suas vidas.

No acidente Francisco e Rejane perderam de uma só vez todos os seus filhos, que eram todos crianças, sendo o mais velho de sete anos e o mais novo de apenas dois anos. Hoje, nove anos depois da tragédia, o casal conta com detalhes tudo o que aconteceu naquele dia, que jamais saiu de suas lembranças. Eles relataram como tiveram suas vidas modificadas por este episódio e como é a rotina desde então. Uma história que, em um único dia, passou de uma família alegre composta por sete pessoas para uma realidade marcada, vivenciada por um casal humilde, de lembranças tristes, sofrimento e dor.

Fotos: Focoelho


Pai é preso suspeito de abusar da filha de 14 anos

O pai de uma menina de 14 anos foi preso em flagrante suspeito de abusar a filha na cidade de Patu, no interior do estado. A prisão ocorreu ontem segunda-feira (1º), após a adolescente resolver denunciá-lo.

De acordo com a denúncia da menina, ela já vem sendo vítima dos abusos provocados pelo próprio pai há algum tempo. O homem de 37 anos estava em casa quando recebeu voz de prisão por uma guarnição da Policia Militar, comandada pelo Sargento Lindoberg.
 
A adolescente foi encaminhada na tarde de ontem (01) para o ITEP/RN em Mossoró/RN para realização de exames de corpo de delito e o pai foi autuado em flagrante por estrupo de vulnerável.

Segundo informações que estão sendo investigadas pela polícia, o homem também está sendo acusado de cometer o mesmo crime contra uma outra adolescente da cidade, fato ocorrido na época que trabalhava como mototaxista.


Mulher é presa sob suspeita de ter matado o marido a tijoladas

Vera Lúcia Rodrigues, de 25 anos, foi detida na manhã desta terça-feira (2) sob suspeita de ter assassinado o companheiro a tijoladas. O crime ocorreu no bairro de Mãe Luiza, na Zona Leste de Natal, e a mulher foi presa em flagrante quando tentava fugir em um transporte coletivo. O zelador Jonilson Garrido da Silva, de 36 anos, foi encontrado ensangüentado dentro da casa em que morava com a acusada.

Vera Lúcia Rodrigues, de 25 anos, foi detida na manhã desta terça-feira. As informações da ocorrência foram repassadas pelo delegado Amaro Guinaldo, bacharel substituto da 4ª DP. Segundo ele, as brigas do casal moradores da rua José Cosme eram constantes e culminou com a morte de Jonilson Garrido na manhã de hoje. "Eles bebiam muito e as brigas sempre ocorriam, de acordo com o que informou os familiares. Não foi esclarecido um motivo específico para a briga que terminou em morte", contou.

Quando o Samu chegou ao local, o homem estava com vida. No entanto, antes da ambulância chegar ao Hospital Walfredo Gurgel, Jonilson não resistiu a gravidade dos ferimentos e morreu. Policiais Militares do 1º Batalhão detiveram a suspeita pouco depois, quando ela tentava fugir em um ônibus que se localizava ainda em Mãe Luiza.

A imprensa esteve na 4ª DP na manhã de hoje e conversou com Vera Lúcia. A mulher, que  sozinha na cela, não se negou a apresentar sua versão para o ocorrido, assim como permitir imagens. Segundo ela, existiram as tijoladas, mas não foi isso que causou a morte do companheiro, com quem vivia há seis e está grávida de oito meses. "Ele tem problema de coração, todo mundo sabe disso. Joguei sim um tijolo contra ele, mas foi no meio da discussão. Não era nem para acertar, era para pegar na parede", contou em meio a soluços.

A mulher aparentemente sob efeito de álcool relata que conversou com o marido hoje pela manhã e tudo estava normal. Quando indagada sobre o porquê de não ter acionado a polícia quando viu o homem morto, ela esclarece. "A mãe dele é brigada comigo. Por isso, sai correndo para contar pra ela o que tinha ocorrido".

Segundo ela, as brigas com o marido já haviam resultado em um aborto, quando ele teria acertado uma facada no abdome da companheira. Vera Lúcia encerra a conversa com a certeza de que será livre da prisão. "Posso até ficar limpando os cantos ai, mas ficar presa, não fico. Não matei ninguém", afirmou em relação a penas alternativas.

O delegado Amaro Guinaldo afirmou que o titular da 4ª DP retoma o posto nesta quarta-feira e deve dar prosseguimento às investigações do caso. Familiares devem ser ouvidos com o objetivo de esclarecer a relação conflituosa do casal.


Mototaxista ficou ferido apos colidir com caminhão

Na Foto: moto embaixo do caminhão

Foi registrada na manhã de hoje, por volta de 09h15min, nas proxmidades do estádio Marizão na Zona Norte de Caicó, uma colisão envolvendo um caminhão wolksvagem com placas de Mossoró/RN e uma moto CG-150 Honda de Caicó.

De acordo com informações chegadas a nossa reportagem, o caminhoneiro Jean George Lopes, 32 anos, residente no Bairro Belo Horizonte em Mossoró,  trafegava na Rua Francisco Germano Filho, nas imediações do estádio Senador Dinarte Mariz (Marizão) no Bairro Alto da Boa Vista, quando o mototaxista identificado por Arlindo Alexandre colidiu na parte lateral do caminhão e foi parar debaixo do veiculo

O Mossoroense Jean George estava em Caicó fazendo entregas para a empresa A Construtora que tambem tem sede em Mossoró/RN, quando manobrava o caminhão Volkswagen de placas MZI 4804 para entrar na RN 288, na saída do bairro Alto da Boa Vista, quando foi surpreendido pela moto Honda Titan, de placa MZK 0557, que só parou na roda traseira do veículo.

O mototaxista Alexandre foi socorrido por uma guarnição do Corpo de Bombeiros, com escoriações pelo corpo e uma lesão na mão e braço esquerdo. Alexandre permanece em observação médica no Hospital Regional e não corre risco de morte.

Fonte: Eduardo Dantas


Caso F.Gomes: STJ nega pedido de liberdade para acusado de matar jornalista no RN

F Gomes

O ministro do STJ – Superior Tribunal de Justiça, Ari Pargendler, indeferiu o Hábeas Corpus com pedido de liminar impetrado pelo advogado Marcus Alânio Martins Vaz, em favor de Lailson Lopes, (Gordo da Rodoviária), que está preso acusado de ser o mandante da morte do jornalista F Gomes. A decisão foi proferida no dia 25 de julho passado e divulgada nesta terça-feira.

A alegação para o recurso é que os motivos para a prisão preventiva do Gordo da Rodoviária não estão previstos no artigo 312 do Código de Processo Penal, como foi citado no acórdão da Câmara Criminal do TJRN. Naquela decisão foi dito que as razões contidas no decreto de prisão preventiva são plausíveis o suficiente para justificar a medida.

Consta no acórdão que existe prova concreta da ocorrência do crime. Os indícios de autoria existem na medida em que o autor material do crime, João Francisco dos Santos, (Dão), sustentou perante a autoridade policial que recebeu oferta para matar o Jornalista F. Gomes e, apesar de ter dito que recusou tal oferta, executou o crime da forma proposta por Lailson Lopes.

"Ainda foi narrado que como se sabe, o clima instalado na Comarca de Caicó é de completa insegurança e medo. O crime que vitimou o jornalista chocou a sociedade potiguar e, é evidente, as investigações ficam embaraçadas com a sensação de impunidade experimentada pelos eventual autor intelectual do crime. Quanto a contradição da suposta recusa do matador em matar por dinheiro e o intenso contato telefônico entre o início e o fim da fase executória do iter-criminis, além das desavenças anteriores entre Lailson Lopes e F. Gomes, tudo foi mencionado.

"Acrescente-se a toda essa linha de argumento a notícia trazidas pelo Ministério Público, confirmada através da cópia do anúncio de venda de imóvel, no sentido de que a pessoa de Lailson Lopes e sua esposa, estaria tentando se desfazer de seu patrimônio, o que indica uma possibilidade de fuga. Por fim destaca que os indícios de autoria existem em desfavor de Lailson Lopes, bem como a necessidade de sua prisão preventiva para fins de garantia da ordem pública e de aplicação da lei penal", segue o comunicado.
 


Caso Anderson Miguel: revelação de delegado aponta participação de detento

Anderson Miguel

Aposentado há cerca de duas semanas, o delegado Maurílio Pinto revela que obteve informações que um presidiário, cujo nome não foi dito, teria intermediado as negociações entre o mandante e o executor do assassinato do advogado e empresário Anderson Miguel, ocorrido em 1º de junho. No entanto, o delegado Marcos Vinícius, da Delegacia de Homicídios (Dehom), afirma desconhecer o fato e diz que pedirá novo prazo para concluir as investigações sobre o caso, que completou dois meses sem solução ou prisão de suspeitos.
 

Maurílio Pinto afirma que recebeu essa informação no início das investigações. Segundo ele, trata-se de um detento do Presídio de Alcaçuz. Essa pessoa, de acordo com o delegado, intermediou o acordo feito entre o suposto mandante do crime e o pistoleiro que executou Anderson Miguel. "Ficou claro que se tratava de um crime de pistolagem". Maurílio ressalta ainda que "o assassino foi muito bem orientado, de forma a não cometer qualquer erro e não ter dificuldades para executar o plano".

Conforme o "Xerife", agora aposentado, todas essas informações foram repassadas para a equipe da Dehom e, inclusive, tal presidiário teria prestado depoimento à Polícia. Maurílio Pinto acredita ainda que a Polícia já tem identificados tanto o mandante quanto o assassino. O delegado também garante que o crime está relacionado à Operação Higia, na qual Anderson Miguel estava sendo investigado por um suposto esquema de desvio de verbas públicas e fraudes em licitações de contratos de higienização hospitalar no governo Wilma de Faria.

O delegado Marcos Vinícius, que investiga o caso pela Polícia Civil, nega ter recebido tais informações ditas por Maurílio. Ele afirma que vai pedir mais tempo à Justiça para concluir o inquérito sobre o crime, cujo prazo se encerrava ontem. O delegado diz não poder adiantar as informações obtidas no caso, pois tudo está correndo em sigilo.

Anderson Miguel foi morto em seu próprio escritório, em Lagoa Nova, no final da tarde de 1º de junho deste ano. De acordo com a Polícia, um homem entrou no estabelecimento e pediu para ser atendido pelo advogado, afirmando ter uma questão de pensão alimentícia. O suspeito foi recebido pela vítima e, assim que entrou na sala, atirou contra o empresário, fugindo logo em seguida.


Idosa dificulta fuga de ladrão de 15 anos e jovem é flagrado pela polícia

Idosa dificulta fuga de ladrão de 15 anos em Campo Grande (Foto: Divulgação/PM)

Adolescente foi encontrado com facão, dinheiro e
joias

Um adolescente de 15 anos foi apreendido em flagrante, depois de invadir uma casa e render idosa de 78 anos, na Vila Bandeirantes, em Campo Grande, na noite de segunda-feira (1º). A mulher dificultou a fuga do garoto, se trancou no banheiro e chamou a Polícia Militar. O garoto foi encontrado na rua com joias, dinheiro e celular.

O roubo aconteceu por volta das 21 horas (horário de MS). Segundo a Polícia Militar, o garoto entrou no terreno da casa pelo telhado, quebrou a janela da cozinha e invadiu a casa. Armado com uma faca, ele ameaçava a dona da casa e queria saber onde estavam os objetos de valor. A mulher conversava com o adolescente, para mantê-lo calmo. Depois que ele pegou joias, dinheiro e celular, a vítima abriu a porta da frente para o garoto, para que ele fosse embora.

A idosa trancou a porta, correu e se fechou no banheiro, onde conseguiu ligar para a polícia. O adolescente demorou alguns minutos para poder sair da casa, já que as alternativas eram pular o portão de elevação ou voltar pelo telhado.

A equipe do 10ºBPM encontrou o garoto na rua, depois que ele conseguiu pular o portão. Com ele, foram apreendidos os objetos roubados. Segundo a polícia, o adolescente já tem passagens por tentativas de roubo e furto e invasão de domicílio. O garoto foi encaminhado para Unidade Educacional de Internação (Unei) de Campo Grande. 


Dois homens armados assaltaram mercadinho no distrito de Serra Branca em Santana do Matos

Dois homens armados com revolver assaltaram por volta das 18:00,  do ultimo sabado (30.07), dois mercadinhos no distrito de Barão de Serra Branca a 18km de Santana do Matos, segundo o proprietário do Mercadinho RS os dois homens chegaram em uma moto preta e encapuzado anunciaram o assalto.

No momento tinha vários clientes, eles obrigaram as pessoas entrarem no mercadinho e levaram todo o dinheiro do caixa como também perfumes, cigarros, chips e em seguida assaltaram o outro mercadinho que fica próximo e saíram em fuga com destino as Três Porteiras, na ocasião, familiares do segundo mercadinho assaltado saiu em perseguição mais não tiveram êxito, a policia militar de Santana do Matos foi acionada e foi até o local e fizeram diligencia afim de prender os assaltantes.

Fonte: F. Damião


Essa é de lascar: Homem é flagrado usando apenas calcinhas no meio da rua

Homem é flagrado usando apenas calcinhas nas ruas de Maracaju, MS (Foto: Maracaju Speed)

Um homem de 28 anos foi flagrado pela Polícia Militar usando apenas duas calcinhas pelas ruas de Maracaju, cidade localizada a 160 quilômetros de Campo Grande, na madrugada de domingo (31). Ele foi detido e levado até a delegacia para prestar esclarecimentos.

De acordo com a Polícia Militar, a abordagem ao homem ocorreu após denúncias de moradores. Uma equipe policial foi enviada ao local e constatou que o homem estava seminu e perambulando próximo a uma pizzaria. Questionado pelos agentes sobre o motivo, ele alegou que foi expulso da casa da namorada e que ela teria ficado com todas as suas roupas.

Homem é flagrado usando apenas calcinhas nas ruas de Maracaju, MS (Foto: Maracaju Speed)

O homem apresentava escoriações no joelho e no cotovelo e foi conduzido à delegacia da Polícia Civil para prestar esclarecimentos.

Ele foi interrogado pelos responsável do plantão e, em seguida, foi liberado. Ele só deixou a delegacia de Maracaju após conseguir uma bermuda emprestada. 


Publicitário preso na Paraiba também praticou crimes no Seridó

Fábio Pereira de Souza usava nome falso

Durante as investigações, o Tenente Coronel Sousa Neto, comandante do 5º Batalhão da Polícia Militar, descobriu que o publicitário utilizava documentos falsos e que teria cometido crimes em diversos estados do país. “Em contato com a família dele, no Rio de Janeiro, descobrimos que seu nome verdadeiro é Fábio Pereira de Souza, e que ele tem mandados de prisão, no Rio Grande do Norte, Minas Gerais e Rio de Janeiro”, contou.
 

Em 1995 ele foi preso em Currais Novos acusado de estupra uma adolecente, na época ele era procurado por crimes de estupro na cidade de Santa Cruz na Região do Trairi do Rio Grande do Norte. Fabio Pereira chegou a passar mais 2 anos preso na época na DP de Currais Novos quando fugiu, a fuga aconteceu sobe muinta suspeita ja que ele era condenado por estupro e tinha sido liberado para um culto em uma Igreja Evangélica.
 

Na sexta feira, dia 29, a Polícia localizou o lugar onde ele teria estuprado e filmado o ato praticado contra uma menina de apenas 12 anos. O quarto foi periciado e um vasto material apreendido.

 

Assalto a mercadinho em Patos/PB

Por volta das 19h:30m de ontem (01.08), o COPON recebeu uma ligação através do 190 dando conta que um mercadinho da Rua Espinharas havia sido assaltado.

Imediatamente foi enviada ao local uma Viatura, enquanto que as demais se mobilizaram na caçada aos acusados.Conforme informações da vítima Ana Araújo Soares, 48 anos, os acusados estavam em uma moto Titan e as características foram anotadas por testemunhas e já estão em poder da polícia.

Os meliantes fugiram em direção ao bairro do Salgadinho e a pesar das diligências policiais eles não foram localizados. Conforme informações eles estavam armados com arma de fogo. Não foi informada a reportagem quanto foi levado do estabelecimento.

Esse mesmo estabelecimento foi assaltado em dezembro do ano passado e os indivíduos conseguiram subtrair cerca de R$ 500,00 (quinhentos reais) da vítima. Eles estavam de Bicicleta e atiraram para cima após concluir o assalto.
 


Policia Ambiental encontrou e destruiu 100 arapucas para arribaçãs em São José do Seridó

Na foto: Parte do efetivo

Desde a tardinha dessa segunda feira (01/08), policiais ambientais do 2º Pelotão de Proteção Ambiental de Caicó e de Parelhas realizaram uma fiscalização no sitio Caatinga Grande em São José do Seridó/RN, missão essa de combater a prática da caça predatória da espécimes de Arribaçãs, quando por voltas das 17:30 após intensa caminhada as guarnições sob o comando do SGT. Cincinato se deparou com várias arapucas armadas, alçapão ou popularmente conhecida como “sangras” (armadilha para capturar as arribaçãs), onde aproximadamente 100 sangras foram queimadas.

Na foto: Policial J. Carlos arrumando as sangras

O objetivo desse trabalho é proteger os pombeiros da (Zenaida auriculata), no período de reprodução dessas aves migratórias, as Arribaçãs. Uma vez que nesta época é comum estas aves chegarem em bandos para fazerem seus ninhos, tornando-se vulneráveis aos caçadores que abatem essas aves de forma cruel e indiscriminada, destruindo ninhos e ovos.

Na foto: Queima das sangras

A Fiscalização foi composta pelos seguintes policiais ambientais de Caicó (SGT. Cincinato, SD Estevam, SD Catônio, SD Reginaldo e M. Dantas) como também os policiais Ambientais de Parelhas (SD Nivanildo e SD J.Carlos) e o apóio incondicional dos policias da Delegacia Municipal de São José do Seridó. As fiscalizações permanecerão na região principalmente nos locais de reprodução dessas aves a fim de inibir as ações predatórias, permitindo que as Arribaçãs continuem na natureza.

Redação e Fotos: SD Reginaldo


Trigésimo sétimo homicídio em Patos/PB

O trigésimo sétimo assassinato foi registrado na noite de ontem 1º de agosto, por volta das 21h:30m numa localidade considerada erma, nas proximidades do Moinho patoense.

Reginaldo Gomes de Farias, desocupado, com 27 anos de idade, morava com a mãe na Rua duque de Caxias, numa casa simples, cercada com estacas de madeira, localizada numa pequena favela.

Ele se preparava para dormir, quando de repente foi surpreendido por dois homens que chegaram a pé e com a arma em punho, um deles disparou dois tiros que lhe atingiram às costas. Conforme a perícia, os tiros transfixaram o corpo da vítima.

As informações ainda são vagas a respeito do crime, porém todas as hipóteses sobre o assassinato não estão descartadas para a polícia. Havia parentes da vítima no local e a polícia começará a ouvi-los para tentar elucidar mais esse crime registrado na cidade de Patos que fechou com um número alarmante dos 37 (trinta e sete) homicídios.TRIGÉSIMO SÉTIMO ASSASSINATO EM PATOS. ASSALTO A MÃO ARMADA A MERCADINHO 


Provimento torna obrigatório uso do INFOJUD


 

A partir de agora, os magistrados do Rio Grande do Norte têm que obrigatoriamente utilizar o sistema INFOJUD para solicitar informações cadastrais e cópias de declarações à Receita Federal.

Esse é o teor do Provimento 076 baixado pelo Corregedor Geral de Justiça, Desembargador Claudio Santos, e já publicado no Diário Oficial de Justiça. De acordo com o documento, o magistrado que ainda não tiver acesso ao sistema INFOJUD ou ao certificado digital necessário para utilizá-lo deverá providenciá-lo junto à Secretaria de Informática, no prazo de 30 dias, através do sistema AGILE.

Um número considerado elevado de juízes continuava enviando solicitação de informações à Receita Federal sem a utilização do sistema INFOJUD, apesar de ser um sistema que contribui para a celeridade e economia processual.

Criado em 2007, o Sistema de Informações  ao Judiciário (INFOJUD), facilita o acesso dos juízes aos dados referentes à renda e ao patrimônio dos réus dos processos judiciais e já é utilizado por 34 tribunais de todo o país.

O sistema permite aos órgãos da Justiça fazer requisições judiciais de informações protegidas por sigilo fiscal pela internet, com garantia de segurança, de sigilo e de confidencialidade das informações. A ferramenta pode ser utilizada somente pelos representantes do Poder Judiciário, mediante cadastro prévio.

Para garantir a segurança das informações, os usuários devem possuir obrigatoriamente certificado digital. Dados cadastrais de réus, declarações de imposto de renda e informações econômico-fiscais de pessoa jurídica são algumas das informações prestadas através do sistema eletrônico.

Um acordo firmado entre o CNJ e a Receita Federal garante a utilização do INFOJUD, mediante adesão, por todos os tribunais brasileiros. O objetivo é substituir o fornecimento de informações pela Receita Federal mediante o envio de ofícios em papel.