Alunos recebem cestas básicas após quase 3 meses da suspensão de aulas na rede estadual da PB

A entrega de cestas básicas para alunos da rede estadual de ensino começou a ser feita pelo governo da Paraíba. A ação teve início na sexta-feira (12), quase três meses da suspensão das aulas devido ao novo coronavírus, e foi divulgada nesta terça-feira (16). Cerca de 250 mil cestas estão sendo distribuídas, segundo o governo.

As aulas da rede estadual de ensino foram suspensas em 19 de março, devido à pandemia da Covid-19. Em 5 maio, uma lei foi sancionada pelo governo da Paraíba garantindo a segurança alimentar dos estudantes em casos de decretação de Estado de Calamidade Pública com suspensão de aulas e atividades nas escolas públicas estaduais.

A lei também declara que a segurança alimentar poderá ser ampliada para atender aos familiares dos alunos matriculados na rede pública estadual de ensino.

De acordo com o Estado, a operação de entrega das cestas básicas é feita por uma equipe técnica designada por cada unidade escolar. Por dia, são escolhidas três séries/turmas para a distribuição da cesta básica nas escolas regulares, nos horários que o estudante estuda.

Já nas escolas integrais, as entregas acontecem com seis séries/turmas por dia, três séries em cada turno. A distribuição é feita conforme as medidas necessárias para evitar a aglomeração de pessoas.

Apenas um responsável por estudante, com documento original de identificação com foto, tem acesso às salas de aula onde são distribuídas as cestas básicas e recebem atividades didático-pedagógicas impressas, caso a escola tenha definido em seu Plano de Ação Estratégico, em virtude da dificuldade de acesso via internet.

As famílias devem aguardar o contato da escola para ser informando o dia e hora da entrega. As entregas das cestas acontecerão mensalmente durante a duração da pandemia.